Léo Saueia e Russel Dias
03/09/2016
07:25
São Paulo e Santos (SP)

Os representantes do lateral-esquerdo Zeca iniciaram uma negociação com a diretoria do Santos para discutir um aumento salarial para o jovem de 22 anos, medalha de ouro com a Seleção Brasileira olímpica.

Atualmente, o camisa 37 tem ganhos inferiores a R$ 100 mil, valor recebido por jogadores que estão até mesmo no banco de reservas, por exemplo. A ideia dos representantes é de que o clube aceite aumentar os vencimentos mensais para aproximadamente R$ 150 mil.

O estafe de Zeca acredita que ele deve ser valorizado já que recusou uma oferta de 8 milhões de euros do Atlético de Madrid, da Espanha, na última janela de transferências para a Europa. 

Outro argumento utilizado por seus empresários é de que o jovem revelado na base trará retorno ao Peixe em uma futura transação, já que o Peixe é dono de 70% de seus direitos econômicos. Promovido em 2014, Zeca tem contrato até o fim de 2018.

- A maioria dos jogadores da Seleção teve propostas. Eu tive também, estava na mesa, conversamos para ficar no Santos. Sonho em ganhar mais títulos aqui para sair com bagagem e mais experiência - disse o lateral, na última sexta-feira.