Daniel Guedes

Daniel Guedes está na mira de clubes europeus e pode dar adeus ao Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Léo Saueia e Russel Dias
19/08/2016
08:30
São Paulo e Santos (SP)

Apesar de ter "escolhido" o volante Thiago Maia para fazer caixa e amenizar a crise financeira - clube voltou a atrasar direito de imagem dos atletas -, o Santos também pode sofrer outra baixa em seu elenco: o lateral-direito Daniel Guedes, reserva imediato de Victor Ferraz.

O Napoli, da Itália, tem um representante no Brasil que negocia diretamente com o presidente Modesto Roma Júnior. Inicialmente, a ideia dos italianos era convencer o Peixe a liberar o atleta imediatamente, oferecendo 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 11 milhões) e propondo um contrato de quatro anos ao lateral, com salários de 50 mil euros progressivos.

O dirigente santista, no entanto, considerou baixo o valor apresentado, uma vez que o clube detém apenas 25% dos direitos econômicos - 50% pertencem ao jogador e os outros 25% são objeto de discussão na Justiça, pois foram cedidos à Doyen Sports pela gestão anterior. 

Com dificuldade na compra, os italianos mudaram a estratégia e agora estudam uma proposta por empréstimo por Daniel Guedes, com valor de compra já fixado em contrato.

Além do Napoli, Modesto também ouviu de dirigentes do Chelsea, quando esteve na Inglaterra recentemente, que o clube londrino busca um lateral e Daniel se encaixa no perfil buscado por Antonio Conte. Uma proposta deve ser apresentada.

No início deste ano, o Santos já havia recusado uma oferta de 8 milhões de euros de um grupo de investidores que tinham interesse em colocá-lo no Porto, de Portugal. Na ocasião, entretanto, a diretoria alvinegra não tinha a intenção de negociar nenhum de seus jogadores.