Léo Saueia
14/06/2016
06:20
São Paulo (SP)

Em 2015, Santos longe da Vila Belmiro era sinônimo de qualquer outro resultado, menos vitória. No ano passado, o Peixe venceu apenas o Cruzeiro como visitante e pagou por isso ao ficar fora do G4 e da Libertadores.

Em 2016, as rodadas iniciais mostraram que mais uma vez o Peixe sofreria com o jejum. Gabigol e Lucas Lima foram à Seleção, Ricardo Oliveira se lesionou e os reforços contratados tiveram de esperar para estrear. O cenário não era nada otimista.

Empate com o Figueirense e derrotas para Atlético-MG e Corinthians fizeram o Santos flertar com a zona de rebaixamento logo no início do Brasileirão. Mas no último domingo a nuvem negra que pairava sobre o CT Rei Pelé parece ter desaparecido.

Mesmo desfalcada, a equipe de Dorival Júnior venceu o Santa Cruz fora de casa e encerrou um jejum que já durava dez meses sem vencer um clube da Série A fora de casa. Como se não bastasse a felicidade natural, o Peixe ainda terminou a rodada em quinto lugar na tabela do Brasileiro.

Santos não vencia um rival da Série A fora de casa desde agosto de 2015, quando bateu o Cruzeiro por 1 a 0

Horas mais tarde, uma notícia veio em forma de empolgação para o torcedor santista. A Seleção foi eliminada ainda na primeira fase da Copa América e abriu caminho para a volta de Lucas Lima e Gabigol.

A três pontos do G4 mesmo desfalcado, o Santos agora deve ter praticamente o time campeão paulista em campo nesta quarta-feira, diante do Sport.

Lucas Lima e Gabigol deixaram na noite de segunda os Estados Unidos e chegam nesta manhã em São Paulo. Como o treino do Peixe está marcado para a parte da tarde, a dupla deve inclusive treinar e estar à disposição de Dorival pelo menos para o banco de reservas. 

A dupla passará por avaliação da comissão técnica em relação à condição física, uma vez que eles jogaram grande parte da eliminação do Brasil para o Peru, no último domingo.

Antes brigando para pontuar o máximo possível para se afastar da zona de rebaixamento, o Santos comemora a vitória dupla de domingo e já passa a traçar novos objetivos.

Antes sob desconfiança, o elenco ganha dois reforços de peso e pode dar as caras no G4 caso vença o Sport e o rival Corinthians seja derrotado para o Fluminense. A confiança, sem dúvida, agora é outra.