Renato Chaves (Foto: Divulgação)

Renato Chaves interessa a Fluminense e Santos após boa campanha na Ponte Preta (Foto: Divulgação)

Russel Dias
11/01/2016
06:55
Santos (SP)

Na disputa com o Fluminense pelo zagueiro Renato Chaves, o Santos deu um passo importante para vencer o páreo. Atrapalhado por uma dívida de 2014, em que o Peixe não pagou à Macaca pelo empréstimo de Rildo, a diretoria alvinegra fez um acordo com a cúpula da equipe campineira e acredita que pode fechar negócio.

No trato, ficou combinado que o Santos deverá quitar os cerca de R$ 600 mil em dez parcelas. Já a respeito da proposta para comprar o defensor, o Peixe conseguiu pechinchar e pagar em prestações.

A Macaca aceita receber um valor de aproximadamente R$ 4,5 milhões em 24 meses para ceder os direitos econômicos de Renato.

O beque foi uma indicação do técnico Dorival Júnior, que agradou à diretoria do Santos pelo fato de que Renato pode até ser vendido no futuro, já que tem 25 anos.

Apesar de ter a concorrência do Fluminense, o Peixe acredita estar na frente, pois tem boa relação com a empresa que cuida da carreira do jogador e ouviu que há preferência em atuar no próprio clube da Vila Belmiro. Por outro lado, o Flu fez uma proposta a vista, e também acredita que vai levar a melhor.

Devido ao interesse mútuo e da sondagem do Santos a Gum, dirigentes de Alvinegro e Tricolor carioca chegaram a conversar e até a cogitar que o Santos desistisse de Renato para ter Gum como recompensa, o que foi descartado pelo Peixe. No entanto, se o time das Laranjeiras levar a melhor, o Alvinegro será “obrigado” a aceitar Gum para não perder mais tempo.

Em contato com dirigentes da Ponte Preta e também com o Fluminense, o Santos espera ter uma definição do que acontecerá ainda nesta segunda. A exigência para ter Gum é pagar metade do salário do beque, enquanto o Fluminense pagaria a outra parte.