Presidente do Santos quer mais patrocínios

Modesto assinou acordo com a Caixa e pode ter mais dois patrocínios (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Russel Dias
24/03/2017
08:00
Santos (SP)

Depois de selar um acordo com a Caixa que renderá R$ 16 milhões aos cofres do clube, o Santos quer fechar o uniforme em todas as propriedades. Nesta sexta-feira, o clube deverá anunciar seu novo parceiro, que ficará estampado no calção.

A empresa de estruturas metálicas deverá pagar cerca de R$ 1,5 milhões até o fim do ano. A diretoria ainda busca um parceiro que aceite estampar sua marca na parte de trás da camisa.

A meta do clube é lucrar uma quantia próxima de R$ 25 milhões com patrocínios em 2017, quase o triplo do que arrecadou em 2016, R$ 9.280.006,00. Além da Caixa, Algar, SIl e Royal Air Maroc são parceiras do Santos. 

Apesar da grande quantidade de apoiadores, o Peixe enfrenta problemas com fluxo de caixa e ainda não conseguiu pagar o salário dos jogadores e da comissão técnica neste mês, além de estar devendo premiação ao elenco por ter chegado à segunda colocação do Brasileirão de 2016.