Fluminense x Santa Cruz

Técnico Milton Mendes em ação no jogo entre Fluminense e Santa Cruz (Foto: Paulo Sergio/Lancepress!)

LANCE!
22/05/2016
11:29
Volta Redonda (RJ)

Quatro pontos em dois jogos. Uma vitória em casa e um empate fora. Se o restante do Campeonato Brasileiro seguir nesse ritmo, o Santa Cruz pode almejar altos objetivos para o ano. Mas, como ainda está muito cedo, o técnico Milton Mendes prefere não se acomodar. 

O treinador tenta controlar a euforia pela ótima fase do Santinha. Para ele, que falou após o empate em 2 a 2 contra o Fluminense, neste sábado, mesmo com o bom momento, o time ainda precisa melhorar. São 16 jogos invictos, sendo 12 sob seu comando (quatro foram com o então técnico Marcelo Martellote).

- Acho que estamos todos com os pés no chão. Foram apenas dois jogos e não vencemos os dois (triunfo sobre o Vitória e empate contra o Fluminense). Não temos que estar soltando fogos com vitórias e empates, não precisamos ficar depressivos com derrotas. O Brasileiro é um campeonato que não há tranquilidade. Não pode se acomodar. Neste momento precisamos melhorar muito ainda - disse.

Apesar de Grafite estar vivendo um ótimo momento e ser o artilheiro da competição, com quatro gols em dois jogos, Milton opta por também dar méritos aos outros setores de seu time. Para ele, esse equilíbrio está funcionando.

- Nossa equipe não se define apenas pelo setor de ataque. Se você ver o meio de campo, nossa equipe joga compactada. Os jogadores de trás aparecem na frente e os da frente aparecem atrás. Todos se ajudam no fim das contas e por isso está dando certo. Tentamos armar nossa equipe do modo que o adversário se apresenta - afirmou, antes de finalizar:

- Em uma bola dominada nossa, levamos o gol do empate. Acho que faltou um pouco de alguma coisa, que vou falar depois com os jogadores. Não vou falar aqui. Eles estão de parabéns pela entrega, mas sou ambicioso e quero vencer tudo. O Fluminense é uma equipe grande e recheada de bons atletas.

O Santa Cruz volta a campo nesta quarta-feira, às 21h45, quando enfrenta o Cruzeiro, no Arruda, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.