Rio 2016 - futebol feminino - Canada x Zimbabue

Zimbábue perdeu os dois jogos que disputou na Olimpíada até agora (Foto:AFP)

Thiago Ferri
06/08/2016
17:53
São Paulo (SP)

Xodó da torcida na Arena Corinthians, a seleção de futebol feminino de Zimbábue se despediu de São Paulo (SP) neste sábado, após a derrota para o Canadá por 3 a 1. Praticamente eliminada da Rio-2016, a equipe encerra sua campanha na fase de grupos em Salvador (BA), na terça, e fez questão de agradecer ao apoio recebido em Itaquera.

- Para os brasileiros eu só posso dar aplausos, porque nunca vimos tanta gente apoiando o time de Zimbábue. Desde que chegamos eles foram simpáticos e nos deram apoio do início ao fim. Eu agradeço aos brasileiros. Em Zimbábue os estádios não são grandes como estes, e estar aqui no Brasil nos deu mais experiência do que qualquer torneio que nós já tenhamos jogado - comemorou a atacante de Zimbábue, Felistas Muzongondi. 

Para este time de Zimbábue, estar na Olimpíada já é um feito, pois o país nunca havia se classificado para um esporte coletivo nos Jogos - a única participação havia sido quando ganhou a medalha de ouro no hóquei na grama, em 1980, mas como convidado. Na Rio-2016, a campanha é: duas derrotas, dois gols marcados e nove sofridos. Ainda assim, o grupo está honrado.

- Queremos inspirar a próxima geração de atletas no país. Você ama seu país, joga com honra, mas elas são amadoras e mostramos que podem competir com o resto do mundo. Sou muito ambicioso, às vezes por isso não sou realista com minhas expectativas. É uma falha minha. Mas quando vejo minhas jogadoras jogando como no segundo tempo de hoje (sábado), e nestes dois jogos, você só pode estar feliz - encerrou o treinador, Shadreck Mlausi.