LANCE!
07/08/2016
22:39
São Paulo

Thomaz Bellucci e André Sá não jogam juntos o circuito da ATP. Bellucci raramente atua além das simples, enquanto Sá disputa torneios sempre com parceiros estrangeiros. Era fácil, então, afirmar que os irmãos Jamie e Andy Murray, n° 7 do mundo em duplas e n° 2 no individual, respectivamente, eram favoritos, pois ganharam a Copa Davis de 2015 sendo parceiros. Mas zebras acontecem, e foi assim na noite deste domingo nos Jogos Olímpicos.


Bellucci e Sá conseguiram avançar para a segunda rodada, garantindo duas duplas brasileiras na próxima fase do torneio masculino - Marcelo Melo e Bruno Soares triunfaram também neste domingo em sua estreia. Com um jogo sólido, buscando o placar mesmo com quebra atrás e sem perder o foco nos tie-breaks, eles venceram por 7-6(6) e 7-6(14).

Na próxima fase, os brasileiros enfrentam a dupla italiana formada por Fabio Fognini e Andreas Seppi. Os italianos foram campeões do Aberto da Austrália em 2015.


Sá e Bellucci foram firmes nos momentos cruciais. No primeiro set, sem quebras de serviço, os brasileiros chegaram a abrir vantagem no tie-break, viram os britânicos empatarem, mas aproveitaram a primeira chance de fechar o set que tiveram.

Já o drama verdadeiro ficou para o set final. Primeiramente, Sá e Bellucci ficaram atrás dos irmãos em 3 games a 1. Devolveram a quebra logo em seguida, empatando o set. Sem mais quebras, o jogo foi para novo tie-break.

Antes do início das Olimpíadas, Bruno Soares, também duplista do país, havia brincado, dizendo que havia passado um estudo completo sobre Jamie Murray, seu parceiro no circuito, para a dupla brasileira. Aparentemente, funcionou: mesmo com Andy não sendo o especialista na modalidade, Sá e Bellucci abusaram de jogar a bola no corpo de Jamie.

Tiveram cinco match-points não aproveitados. Quase perderam o set, mas salvaram três set-points dos rivais, um no saque adversário. Mas, na última bola, com 15 a 14 no placar (o tie-break, em teoria,vai apenas a 7 pontos), Bellucci contou com a sorte: jogou a bola com um backhand na direção de Jamie; ela tocou a fita, enganou o britânico e caiu no fundo da quadra. A torcida pôde explodir em alegria.