Obras das arenas da Olimpíada Rio-2016

Velódromo que será usado na Olimpíada apresenta uma conclusão de 76% (Foto: Divulgação/Renato Sette Camara)

LANCE!
04/01/2016
16:06
São Paulo (SP)

Mais cara e mais tarde. Essa é a síntese do que aconteceu com a obra do Velódromo que será utilizado nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A construção deveria ter ficado pronta em dezembro e, agora, recebeu um aditivo da Prefeitura do Rio que encarece a instalação R$ 24,8 milhões.

As informações são do portal UOL, que cita que a obra do equipamento passará a custar, pelo menos, R$ 138 milhões. O local está sendo construído desde fevereiro de 2014 e, hoje, aponta 76% de conclusão. Os entes públicos afirmam que o espaço será entregue até março, data do evento-teste do ciclismo.

Segundo a prefeitura do Rio, o aumento no custo aconteceu devido a mudanças no método de construção. Inicialmente, peças para montagem do espaço seriam moldadas no próprio local. Porém, para agilizar o curto prazo até os Jogos, os itens viriam pré-moldados.

A mesma mudança foi feita no Centro Olímpico de Tênis, que tinha previsão de custo de R$ 175,4 milhões, mas, só a obra já consumiu R$ 191,1 milhões. O Centro deveria ter ficado pronto em setembro e está 90% concluído.