Eduardo Paes falou com a imprensa em um evento no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (Foto: AFP)

Eduardo Paes decretou feriado para esta quinta-feira (Foto: AFP)

LANCE!
02/08/2016
16:44
São Paulo (SP)

A tocha olímpica já tem data e local para iniciar seu percurso nas ruas da cidade do Rio de Janeiro e sua região metropolitana. Conforme anunciado pelo prefeito Eduardo Paes nesta terça, a peça inicia seu roteiro carioca na manhã desta quarta-feira, na Escola Naval, com participação de Paes.

Serão três dias de "passeio" pelas ruas cariocas até a noite de sexta-feira, quando a tocha chegará ao Maracanã para acender a pira olímpica. O prefeito do Rio decretou feriado para quinta-feira, visando minimizar caos no trânsito da cidade. 


"O feriado vai permitir um deslocamento menor da população pela cidade. Serão dias de comemoração e alegria, mas também muito tumulto no trânsito (...) É preciso se programar olhando os sites que explicam as operações de trânsito, mesmo em dias de feriados ou no fim de semana", afirmou.

A tocha já esteve em outras 324 cidades do Brasil, passando pela mão de cidadãos comuns e celebridades.  No Rio, o objeto será conduzido por nomes do esporte como Carlos Alberto Parreira, Jairzinho e Cafu e da música como Arlindo Cruz, Diogo Nogueira, Evandro Mesquita, Anitta e Preta Gil.

Estágio operacional

A prefeitura do Rio anunciou dois novos estágios operacionais para alertar a população e os turistas sobre a situação de trânsito e movimentação nas ruas cariocas. Tais alertas estarão ativos a partir desta quarta, com a chegada da tocha, e terão os nomes de Estágio de Prontidão Olímpica e o Estágio de Prontidão Paralímpica, sendo intermediários entre o "Normalidade" e o "Atenção". Ainda há o estágio de "Crise".

"Os Estágios de Prontidão Olímpica e Prontidão Paralímpica indicam que uma série de atividades já planejadas e relacionadas com a realização dos Jogos estão afetando a cidade e que as agências municipais estão com reforços de recursos e prontidão contínua para responder possíveis ocorrências", de acordo com o portal Rio-2016 do Governo Federal.