Bernardo Oliveira disputou provas do tiro com arco na Rio-2016 (Foto: Jewel Samad/AFP)

Bernardo Oliveira disputou provas do tiro com arco na Rio-2016 (Foto: Jewel Samad/AFP)

Igor Siqueira
09/08/2016
12:09
Rio de Janeiro (RJ)

O tiro com arco do Brasil obteve um resultado histórico na manhã desta terça-feira. Bernardo Oliveira, ao vencer o australiano Alec Potts, conseguiu a primeira vitória brasileira em uma disputa de individual masculino em Jogos Olímpicos.

Bernardo conseguiu uma vitória por 6 a 4 na primeira fase. No combate seguinte, no entanto, o arqueiro brasileiro foi derrotado pelo chileno Ricardo Soto, por 7 a 1, e encerrou a participação dele na competição.

- Eu não estava pensando nisso porque o Daniel, Marcos Vinícius (D'Almeida) e eu sabemos que temos nível para vencer. Não queremos também trazer glória cada um para si mesmo. Temos feito um trabalho de equipe muito grande - disse Bernardo.

Mais cedo, Daniel Xavier também competiu no individual e foi derrotado logo no primeiro combate por um dos favoritos ao ouro, o sul-coreano Lee Seungyun.

- Ano passado em ganhei de um coreano no Campeonato Mundial Militar. Infelizmente não deu para ganhar. Ficamos um pouco pressionados por ter o apoio, um pouco ansiosos por dar o resultado, mas estamos adorando o clima da torcida. O trabalho continua. Estamos colhendo frutos - disse Daniel.

A manhã ainda teve a derrota de Sarah Nikitin no individual feminino, sendo batida pela norte-coreana Un Ju Kang. A brasileira se emocionou ao final da prova, na conversa com os jornalistas.

- A emoção agora é quando pensamos em tudo o que passou até chegar a esse dia aqui. Independentemente do resultado, foi muito importante ter representado o Brasil e ter recebido o apoio de tantas pessoas - disse ela.

O dia no tiro com arco ainda tem a participação de mais um brasileiro. Marcus Vinícius D'Almeida, que foi o 34º no classificatório, enfrenta o americano Jake Kaminski, que foi 31º.

Na segunda-feira, Ane Marcelle dos Santos se classificou às oitavas de final do individual feminino.  Na quinta-feira, ela vai enfrentar a britânica Naomi Folkard, que obteve duas vitórias nesta terça.