Rio 2016 - Vôlei - Brasil x Itália

Piano, central italiano, teve problema físico durante o jogo (Foto: Paulo Sérgio/Lancepress!)

Daniel Bortoletto
14/08/2016
02:07
Rio de Janeiro

O técnico Gianlorenzo Blengini deixou no ar a possibilidade de poupar jogadores na última partida da Itália na primeira fase do torneio olímpico masculino de vôlei, contra o Canadá, na segunda-feira.

Já classificada e com o primeiro lugar garantido, a Azzurra tem nas mãos o poder de interferir na definição dos demais classificados do Grupo A. Caso vença o Canadá, vai beneficiar Brasil e França, sempre apontados como candidatos a um lugar no pódio na Rio-2016. Se perder, classificará a seleção da América do Norte, em tese mais fraca, e forçará a eliminação de brasileiros ou franceses, que farão confronto direto na rodada final.

Com os resultados da rodada desta sexta, a Itália saltou para 12 pontos. Brasil, França, Canadá e Estados Unidos ficaram com seis. Dos quatro três avançarão para a próxima fase. A situação dos americanos é a mais tranquila por enfrentarem, na segunda-feira, o fraco México.

- É cedo para falar sobre a situação do próxima jogo. Primeiramente temos de ver a condição de Piano e Birarelli (centrais com problemas físicos). mas nossa prioridade é preservar e conservar nossas energias e o aspecto físico. Tenho de pensar na saúde dos meus jogadores. Ainda não é a hora de definir isso. Vamos ver amanhã como estão todos - disse Blengini.

Já Bernardinho não quis opinar sobre a possibilidade de a Itália usar reservas no jogo que tanto interessa ao Brasil:

- Não entro nesse mérito. Temos de jogar nosso jogo, não cabe a mim julgar. Tenho de pensar em jogar uma decisão contra a França.

Para evitar uma inédita desclassificação na primeira fase, o técnico diz que precisa encontrar em 48h um remédio para a falta de confiança e de lucidez do time:

- Nós temos uma única chance. Não temos outra possibilidade, assim como a França. São duas equipes exatamente na mesma situação. Nós temos efetivamente que achar soluções e achar caminhos para essa partida de segunda-feira. Temos que ter um time lúcido, confiante, e precisamos, juntos, enfrentarmos este momento com coragem.