Ana Paula marcou oito gols/ Foto: divulgação

Ana Paula foi destaque nos dois primeiros jogos mas marcou apenas um gol contra a Espanha (Foto: divulgação)

Fábio Suzuki
10/08/2016
14:33
Rio de Janeiro (RJ) 

A Seleção Brasileira feminina de handebol não teve o mesmo desempenho dos dois primeiros jogos da Olimpíada no Rio contra Noruega e Romênia e perdeu a invencibilidade na competição ao ser superada pela Espanha por 29 a 24. A derrota, ao menos, ocorreu na fase de grupo e as próprias jogadoras brasileiras citaram que a partida contra as espanholas pode ajudar o Brasil na busca por uma medalha olímpica inédita na modalidade.

- Perdemos no momento que poderia ter perdido. Nas fases finais é que isso não pode ocorrer. Agora é ver os erros e acertar onde erramos daqui pra frente. Que isso sirva de lição pra gente na competição – comentou Ana Paula Rodrigues.

A própria atuação da central da Seleção Brasileira foi um exemplo da diferença entre o desempenho da equipe nos primeiros jogos e contra a Espanha. Nas duas primeiras partidas, ela marcou um total de 19 gols, sendo 11 na estreia contra a Noruega, atual bicampeã olímpica. Já contra as espanholas, Ana Paula marcou apenas 1 gol.

- Acho que tive uma marcação maior pois eu fui bem nos outros dois jogos. Isso é normal. Às vezes as pessoas pensam muito no gol e o handebol não é só isso. Como a bola não estava entrando, procurei mais as companheiras que estavam mais livres do que eu – avaliou a brasileira.