Ekaterina Poistogova (bronze nos 800m)

Ekaterina Poistogova (bronze nos 800m) teve nome citado em investigações antidoping (Foto: Reprodução)

LANCE!
20/07/2016
17:09
Rio de Janeiro (RJ)

O Comitê Olímpico da Rússia ignorou a ameaça de suspensão de toda a delegação do país dos Jogos Olímpicos Rio-2016 e anunciou nesta quarta-feira uma lista de 387 nomes para a disputa do megaevento, sendo 68 do atletismo. A modalidade está suspensa pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) por casos de dopagem com aval do governo russo.

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) irá julgar nesta quinta se aceita o recurso pedido pelos 68 atletas contra a punição coletiva. O órgão pode decidir que os casos sejam analisados de forma individual ou que a equipe inteira seja excluída. Na lista divulgada, a campeã olímpica Yelena Isinbayeva, do salto com vara, está presente.

O presidente do Comitê Olímpico Russo, Alexander Zhukov, afirmou que espera a aceitação do recurso.

– Claro que esperamos uma decisão do CAS favorável. Isso seria um precedente sério para as decisões das outras federações – afirmou o dirigente à TV estatal russa.

Após a divulgação de um relatório sobre a existência do esquema estatal de doping na Rússia, a Wada (Agência Mundial Antidoping) recomendou ao Comitê Olímpico Internacional (COI) que todos os atletas do país fossem banidos da Olimpíada do Rio.

Membro do COI e ex-chefe da Agência Mundial Anti-Doping, Dick Pound disse nesta quarta-feira que a entidade está "muito relutante" em aceitar o banimento de toda a delegação russa da Rio-2016.

– Se você fizer algo tão dramático como suspender toda uma equipe é preciso ter certeza de que não tropeçará em algum obstáculo legal. Mas eu tenho a impressão, ao ler nas entrelinhas, que o COI está muito relutante em pensar na exclusão total dos russos – disse Pound, à Rádio BBC.

Decisão será tomada em uma semana

O Comitê Olímpico Internacional informou nesta quarta-feira que levará até uma semana para decidir se a proibirá a Rússia de disputar os Jogos Olímpicos Rio diante dos escândalos de dopagem.

O veredicto final pode sair a menos de 10 dias da cerimônia de abertura, no dia 5 de agosto.

– Esperamos uma decisão no prazo de sete dias sobre a participação de atletas russos no Rio – afirmou o chefe de relações com a mídia do COI, Emmanuelle Moreau.

O executivo do COI decidiu esperar a decisão do CAS sobre a situação da equipe de atletismo antes de tomar uma posição sobre o veto. A entidade espera estudar todas as opções legais.