Rafael Valesi
12/08/2016
06:05
Rio de Janeiro (RJ)

O título de rei da natação nos Jogos Olímpicos Rio-2016 já tem dono: Michael Phelps. Se entre os homens a decisão é unânime, o mesmo não acontece entre as mulheres. A americana Katie Ledecky e a húngara Katinka Hosszu brigam braçada a braçada pelo posto de rainha das piscinas.

Ambas lideravam até esta quinta-feira à tarde o quadro de medalhas individual em toda a Olimpíada. Ledecky somava quatro láureas, contra três da Dama de Ferro. Além disso, estabeleceram novos recordes mundiais nos 400m livre e nos 400m medley, respectivamente.

O curioso é que a disputa entre ambas é totalmente indireta. A americana e a húngara não se encontrarão em nenhuma prova individual no Estádio Aquático. Elas “duelaram” apenas uma vez, no revezamento 4x200m livre. Hosszu ficou em sexto lugar com a Hungria. Ledecky, por sua vez, faturou o ouro.

Além da vitória no revezamento 4x200m livre, a americana de 19 anos também venceu os 200m e os 400m livre. Sua única derrota até agora foi no revezamento 4x100m livre, em que os Estados Unidos ficaram com a prata, atrás da Austrália.

Na noite desta sexta-feira, ela tentará ampliar sua galeria, na final dos 800m livre. Uma medalha de ouro que a comunidade aquática já dá como certa, até porque ela é a recordista olímpica e mundial da distância.

– Na Olimpíada em Londres, eu não imaginava que estaria nadando tantas provas assim aqui no Rio. É incrível como as coisas passam rápido – falou a americana, que em 2012 levou o ouro nos 800m livre.

Katinka Hosszu, por sua vez, nunca havia subido no pódio olímpico até chegar no Rio, após três Olimpíadas. Mas, no Brasil, se redimiu ao vencer os 200m e 400m medley, além dos 100m costas. Na noite desta sexta-feira, ela buscará mais um ouro em sua última prova no Rio, nos 200m costas.

– Cheguei ao Rio sem ter nenhuma medalha olímpica, então ficaria satisfeita em pegar uma de qualquer cor. Ter três medalhas de ouro é surreal – falou Hosszu.

Seja Ledecky ou Hosszu, o título de rainha das piscinas na Rio-2016 estará em boas mãos.