Jonas - Porta Bandeira

Jonas Junias foi o porta-bandeira da delegação de seu país na Cerimônia de Abertura (Foto: PEDRO UGARTE/AFP)

LANCE!
08/08/2016
13:23
São Paulo (SP)

Porta-bandeira da delegação da Namíbia na Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos, o pugilista Jonas Junias foi preso na manhã desta segunda-feira acusado de tentativa de estupro na Vila Olímpica. O caso é muito semelhante ao do também pugilista Hassan Saada, detido como suspeito no Rio de Janeiro, na semana passada, pelo mesmo crime.

Segundo o comunicado emitido pela Polícia Civil, o africano tentou agarrar uma camareira em seu quarto na Vila dos Atletas. No documento, inclusive, o atleta é acusado de oferecer dinheiro em troca de sexo para a moça. Imediatamente, assim que conseguiu deixar o local, a brasileira acionou a polícia e denunciou por tentativa de estupro.

Procurado, o Comitê Olímpico da Namíbia declarou que não irá se pronunciar sobre o assunto até que as investigações sejam concluídas. Enquanto isto não acontece, o pugilista segue detido no 42° Departamento de Polícia do Rio de Janeiro, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste da cidade.