LANCE!
06/08/2016
18:32
São Paulo (SP)

O primeiro dia dos Jogos Olímpicos Rio-2016 segue agitado e, ao menos para um brasileiro, especial. Isso porque o atirador Felipe Wu ficou em segundo lugar na prova de pistola de ar de 10m, subiu ao pódio no Centro de Tiro de Deodoro na tarde desta sábado e conquistou a primeira medalha do Brasil na Olimpíada, ficando atrás apenas do vietnamita Xuang Hoang.

Nem tudo, no entanto, foi festa. Uma ameaça de bomba agitou o Forte de Copacabana, palco da etapa final do ciclismo de estrada. O Esquadrão Antibombas da Polícia Federal foi acionado e decidiu, por precaução, explodir o pacote suspeito que havia sido deixado lá no início da tarde. Outro fato curioso na cidade olímpica foi a presença de uma bala perdida na sala de imprensa do Centro Olímpico de Hipismo. Neste último episódio, a polícia ainda está investigando a origem do projétil.

Vôlei

A Seleção Brasileira feminina de vôlei não encontrou dificuldades para bater a frágil equipe de Camarões por 3 sets a 0 no Maracanãzinho. As parciais sintetizam a facilidade com a qual as comandadas de José Roberto Guimarães cumpriram sua obrigação: 25 a 14, 25 a 21 e 25 a 13.

Vôlei de praia

A dupla brasileira Ágatha e Bárbara Seixas derrotou as tchecas Sluková e Hermannová pelo placar de 2 sets a 1. As parciais foram de 19 a 21, 21 a 17 e 15 a 11. Além das adversárias, outro fator que provocou dificuldade às atletas do país-sede foi o calor: a temperatura na Praia de Copacabana, palco do jogo, chegou aos 30ºC.

Judô

O dia não terminou da forma mais agradável para o Brasil nos tatâmes. Isso porque Sarah Menezes e Felipe Kitadai, que já haviam sido derrotados de manhã, foram eliminados também da repescagem e, assim, deixaram os Jogos sem medalha. O mesmo não pode ser dito sobre a Argentina: a judoca Paula Pareto venceu a disputa até 48 quilos e conquistou o primeiro ouro de uma atleta mulher argentina na história das Olimpíadas.

Natação

Os brasileiros vão fazendo bonito nas águas do Estádio Olímpico de Esportes Aquáticos. Com o Felipe França e João Gomes Junior fizeram os terceiro e oitavo melhores tempos e garantiram vaga na semifinal dos 100m peito. Tal prova será disputada na noite deste sábado. Com o 14º tempo, Daynara de Paulo conquistou vaga na semifinal dos 100m borboleta. Daiene Dias, com o 15º tempo, também avançou de fase. Os brasileiros Brandonn Almeida, Joanna Maranhão e Luiz Altamir foram eliminados em suas séries, bem como time 4x100m livre feminino. Vale destacar o recorde mundial dos 100m peito quebrado pelo britânico Adam Peaty, que fez a série em 57s55.

Ciclismo de estrada

O belga Greg van Avermaet, com tempo de 6h10m05seg garantiu a medalha de ouro. A prova teve final eletrizante após percorrer 14 bairros cariocas. O dinamarquês Jakob Fuglsang e o polonês Rafal Majka completaram o pódio em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Boxe

O boxe contou com uma vitória brasileira no primeiro dia de Jogos, no Pavilhão 6 do Riocentro. Juan Nogueira bateu o australiano Jason Eric Whateley na categoria peso-pesado (91kg). O primeiro brasileiro a entrar no ringue, no entanto, acabou derrotado: Patrick Lourenço perdeu para o colombiano Yuberjen Martinez Herney na categoria mosca-ligeiro (49kg).

Rugby

A Seleção Brasileira feminina de rugby 7 entrou em campo nesta tarde diante da Grã-Bretanha. No histórico duelo que marcou a estreia da modalidades nos Jogos Olímpicos, as donas da casa até começaram melhor, mas acabaram derrotadas por 29 a 3. As brasileiras voltam a campo ainda na noite deste sábado, diante do Canadá.

Ginástica artística

O destaque do período da tarde deste sábado foi a lesão do ginasta francês Samir Ait Said. Durante prova classificatória geral masculina de salto sobre a mesa, ele aterrissou de mau jeito e sofreu uma fratura exposta na perna. A participação de Said nos Jogos Rio-2016, portanto, está encerrada.