Guilherme Cardoso
11/08/2016
17:01
Rio de Janeiro (RJ)

São 17 os judocas na história do Brasil que já conquistaram medalhas em Jogos Olímpicos. Mas apenas três deles tinham conseguido a proeza de "medalhar" em duas edições... Eram três homens, até Mayra Aguiar, medalhista de bronze em Londres-2012, repetir a dose no Rio de Janeiro, e passar a ser a quarta judoca, a primeira mulher, a entrar no seleto grupo de elite do esporte. Mas há um feito histórico ainda mais relevante nesta quinta-feira: ela é a primeira mulher com duas medalhas olímpicas pelo Brasil em esportes individuais.

Aurélio Miguel foi o primeiro a conseguir a façanha no judô, com ouro em Seoul-1988 e bronze em Atlanta-1996. Tiago Camilo foi medalha de prata em Sidney-2000 e bronze em Pequim-2008. Leandro Guilheiro levou bronze em Atenas-2004 e repetiu a dose quatro anos depois, na China. Mayra agora também tem dois bronzes para carregar no peito.

A gaúcha conquistou a 21ª medalha da história do judô brasileiro. Uma história que começou com o bronze de Chiaki Ishii, em Munique-1972. O primeiro ouro foi de Aurélio Miguel, na Coréia do Sul, em 1988. Desde a Olimpíada de Los Angeles, em 1984, o Brasil não passa um Jogos sem medalha no judô. Foi a terceira medalha brasileira no Rio de Janeiro, que já tinha o ouro de Rafaela Silva, também nos tatames, e a prata de Felipe Wu, no tiro.