Carlos Nuzman, Thomas Bach e Eduardo Paes (Foto: VANDERLEI ALMEIDA / AFP)

Carlos Nuzman, Thomas Bach e Eduardo Paes (Foto: VANDERLEI ALMEIDA / AFP)

Igor Siqueira e Jonas Moura
27/07/2016
18:57
Rio de Janeiro (RJ)

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, que nesta quarta-feira esteve na Vila dos Atletas e no local onde ficará a pira olímpica, deu mais um voto de confiança às autoridades do Rio. O alemão replicou elogios ouvidos no contato com os competidores a respeito das instalações para os Jogos, que foram alvo de reclamações no decorrer da semana.

- Nos últimos dias antes das Olimpíadas, há sempre desafios a serem resolvidos. Nós temos visto aqui também ultimamente. Mas se você vir a determinação dos brasileiros para resolver esse desafio... Estava falando com os atletas na Vila Olímpica. Eles me mostraram os apartamentos deles. E me contaram como estava ontem e o quão felizes estavam com o apartamento 24 horas depois e quão felizes estavam por estar na Vila Olímpica, com as condições. Isso deixa todo mundo confiante que os que ainda restam serão resolvidos nas próximas 24 ou 48 horas - afirmou Bach, que ainda emendou:

- Isso vale para todos outros desafios que possam aparecer. Eu não lembro de Jogos Olímpicos em que, por exemplo, o transporte tenha funcionado 100% desde o começo. Varia de Jogos para Jogos. Mas temos visto aqui as mudanças e a velocidade delas. Tenho confiança nos brasileiros.

Thomas Bach desembarcou na cidade olímpica nas primeiras horas da manhã. Ele ainda foi indagado se faria alguma coisa para convencer a presidente Dilma e o ex-presidente Lula a comparecerem à abertura dos Jogos. Mas o alemão se limitou a dizer que era um decisão pessoal de ambos.