Gustavo Borges (Divulgação)

Gustavo Borges exalta o clima de Olimpíada que tem voltado a viver (Divulgação)

Gustavo Borges*
27/07/2016
17:16
São Paulo (SP)

Os Jogos Olímpicos estão chegando. À medida que a competição se aproxima, cresce a expectativa para a disputa em nosso País. Nos últimos meses, eu tenho vivido muito de perto o clima da Olimpíada do Rio ao participar, como embaixador, do revezamento da tocha olímpica por diferentes cidades brasileiras, tendo conduzido a chama na capital paulista.

Dia a dia, as atenções se voltam cada vez mais para o Rio. Conquistei quatro medalhas - duas prata e dois bronze - em três olimpíadas (Barcelona-92, Atlanta-96 e Sidney-2000). Agora, eu tenho a oportunidade de voltar a viver o clima olímpico, assistindo e acompanhando de perto os Jogos aqui no Brasil. Emoção e orgulho de fazer parte deste momento.

E eu estou muito confiante nos resultados da natação brasileira na Rio 2016, uma das principais atrações na primeira semana (de 6 a 13 de agosto). Temos tudo para garantir uma ótima participação nos Jogos. Quatro de nossos nadadores vão entrar na água com chances de medalhas em três provas: Thiago Pereira, nos 200m medley; Felipe França e João Gomes Jr, nos 100m peito; e Bruno Fratus, nos 50m livre.

Para atingir os resultados, subir ao pódio olímpico, o fundamental é nadar cada eliminatória, cada semifinal, como se fosse uma decisão, em busca dessas medalhas.

Vou torcer muito pelos atletas brasileiros, que estão se preparando com muita garra para estes Jogos. Não apenas na natação, mas em todas as modalidades, levando para o Rio o mesmo sentimento que vi pelo País durante a passagem da tocha olímpica.

O revezamento da tocha foi um sucesso pelo Brasil inteiro, que acompanhei como convidado do Bradesco. Representa um evento que marca a população, envolve as pessoas. Momento de tocar e ser tocado pela Olimpíada, numa prévia do que estaremos vivendo durante os Jogos.

Em Olimpíada, eu já havia conduzido a tocha dos Jogos de Atenas 2004 - quando esta passou pelo Rio - e, também, a do Pan-Americano Rio 2007. Mas, repetir o gesto para os Jogos Olímpicos que serão aqui no País, junto da família, foi muito especial. Assim como acompanhar uma Olimpíada no Brasil!

Cada dia, com a aproximação da competição, aumentam as expectativas e a emoção, com a contagem regressiva para a cerimônia de abertura, no Maracanã, no dia 5 de agosto.

Os Jogos Rio 2016 como um todo serão muito bons. Apesar do atual momento do País, com problemas na política, na economia, acredito que a força do Brasil falará mais alto. Espero que tudo corra da melhor forma, com um excelente evento para todos!

*Gustavo Borges foi medalhista olímpico e, com 19 pódios, é o segundo maior medalhista brasileiro em Jogos Pan-americanos. Atualmente, é comentarista da Rede Globo e faz parte da diretoria da ONG Atletas pelo Brasil.