Tokio

Daishi Suzuki participou do evento "Tokyo-2020" ao lado de Zico, na Casa do Japão (Foto: Felipe David)

Felipe David
17/08/2016
15:58
Rio de Janeiro (RJ)

O ex-nadador japonês Daishi Suzuki, medalhista de ouro na Olimpíada de Seul-1988, participou do evento "Tokyo 2020 JAPAN HOUSE", na tarde desta quarta-feira, na Casa do Japão, no Rio de Janeiro. O evento, que apresentou detalhes da cultura japonesa, contou com membros da família olímpica que puderam conhecer um pouco mais sobre os planos para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Esportista de grande renome em seu país, Suzuki fez uma análise sobre a alimentação japonesa. Aos seus olhos, a culinária tradicional de seu país é essencial para o alto rendimento dos atletas olímpicos.

Mas um fato curioso chamou a atenção de todos os presentes. Questionado sobre a prática brasileira de usar "cream cheese" na comida oriental, Suzuki, de forma descontraída, apontou a adaptação como "algo estranho".

- Com certeza isso (cream cheese) tem calorias suficientes para atrapalhar o rendimento de um atleta de alto nível - opinou.

A exemplo dos atletas japoneses que estão no Brasil disputando a Rio-2016, Daichi Suzuki garantiu que a recepção nipônica aos brasileiros será calorosa, inclusive na culinária, e poderá dar margem até para futuras mudanças de hábito:

- Os brasileiros serão muito bem recepcionados nos Jogos de Tóquio. E vão virar fãs da autêntica comida japonesa. Acho que vão até esquecer do feijão - declarou o japonês, em tom descontraído.

Mas Zico, que também estava no evento organizado pelo Governo Japonês, não perdeu a oportunidade de rebater amigavelmente a brincadeira do medalhista olímpico. Precursor da prática do futebol no Japão, aonde chegou até a se tornar treinador da seleção nacional, ele acredita que não vai ser bem assim:

- Por mais que a comida seja boa, nada como o nosso famoso feijão preto - garantiu.