Nigeria x Suecia (Foto:RAPHAEL ALVES / AFP)

Nigéria e Suécia fizeram um duelo muito disputado (Foto:RAPHAEL ALVES / AFP)

RADAR/LANCE
07/08/2016
22:07

A segunda rodada para cada um dos times do grupo B, no Torneio Olímpico de Futebol Masculino, começou às 18h, hora de Manaus. Nigéria e Suécia fizeram uma partida de opostos. A Suécia tinha um ponto, do empate contra a Colômbia, na rodada de abertura. Melhor para os africanos. Com gol de Umar Sadiq, o nigerianos bateram os europeus por 1 a 0 na na Arena Amazônia.

Mais à vontade, por causa da vantagem da vitória no jogo anterior, a Nigéria começou pressionando. A defesa do time africano foi a maior arma para a velocidade nos contra-ataques. A Suécia pouco fazia diante da defesa nigeriana bem armada. Só aos vinte e dois, depois de um cruzamento da direita, Ishak chegou próximo ao gol.

Aos 28, o goleiro Linde salvou a Suécia, no chute, na pequena área, de Etebo, que havia marcado quatro, no jogo anterior contra o Japão. A Nigéria continuava chegando com mais facilidade ao gol sueco. “Nós entramos mais focados com a defesa mais compacta e conseguimos superar o time Sueco”, disse o técnico nigeriano, Samson Siasia.

Aos 37 minutos, Lundqvist quase faz contra. E foi aos trinta e nove que Umar cabeceia muito bem o cruzamento da esquerda e abre o placar.

No segundo tempo, a Nigéria veio na mesma pegada. Aos dois minutos, Linde novamente salva um chute fortíssimo de Mikel. Aos seis, mais uma boa defesa de do goleiro Linde, no chute de Etebo. O cartão amarelo na entrada dura de Lindqvist em Etebo, aos 14 minutos já demonstrava o desequilíbrio sueco.

Aos trinta, mais uma defesa de Linde deixava o placar em um a zero e evitava uma goleada nigeriana. O desgaste por causa do forte calor fez os técnicos realizarem muitas substituições. Aos quarenta e quarenta e quatro, no cruzamento da esquerda, o capitão Ajdarevic perde a maior chance da Suécia."É evidente que não estou satisfeito. Fomos lentos. Nós tivemos algumas falhas e ficamos muito desapontados. Sobre o Japão sei que são bons jogadores, muito técnicos e temos um plano para tentar superá-los”, completou o técnico Hakan Ericson, da Suécia.

Finalizações
Foram dez finalizações diretas pro gol da Nigéria contra uma da Suécia. Os números mostram a realidade da partida. Os Nigerianos chutaram vinte e uma vezes ao gol e os Suecos, quatro. “Nós vamos aos poucos notando a diferença entre os jogos. O importantes é que tivemos uma boa vitória”. “Não estou muito preocupado com os times que virão, se vamos ou não, pegar times mais fortes. Queremos jogar com foco”, disse o capitão Mikel.

A Nigéria enfrenta a Colômbia, no próximo jogo, e a Suécia, o Japão.