Alexandre Guariglia e Bruno Cassucci
11/08/2016
00:54
São Paulo (SP) e Salvador  (BA)

O destino colocou o Brasil de Neymar e a Colômbia frente a frente novamente, desta vez em duelo válido pelas quartas de final do torneio olímpico de futebol, marcado para sábado, às 22h, na Arena Corinthians. A história recente do astro brasileiro e da equipe colombiana é recheada de fatos que marcaram para sempre a trajetória do jogador e até mesmo da Seleção Brasileira.

Tudo começou em novembro de 2012, em um amistoso na cidade de Nova Jersey, nos EUA. Brasil e Colômbia empatavam em 1 a 1, e Neymar teve a chance de virar em cobrança de pênalti, mas isolou na batida, desperdiçando a oportunidade de vitória.

No entanto, foi na Copa do Mundo de 2014 que o pior ocorreu. Coincidentemente, o confronto daquela vez também era de quartas de final. Jogando em casa, o favoritismo foi assumido pelos brasileiros e a vitória veio: 2 a 1 e passagem para as semifinais do torneio... mas no meio do caminho havia o lateral-direito Zuñiga.

Já no fim da partida, o colombiano atingiu Neymar com uma joelhada na altura da cintura, fraturando a terceira vértebra do camisa 10 e tirando-o do restante da competição. Na semifinal, todos sabem o que aconteceu: derrota por 7 a 1 para a Alemanha e o maior vexame da história da equipe canarinha.

Mas não parou por aí. Na Copa América de 2015, no Chile, ainda pela fase de grupos do torneio, uma briga envolvendo alguns atletas de ambos os times no final da partida também marcou a trajetória de Neymar na Seleção. Ele se envolveu na confusão, brigou com o árbitro Enrique Osses e acabou expulso. O ocorrido foi julgado, e o jogador do Barcelona teve de cumprir quatro jogos de punição, ficando fora da Copa América.

Caso passe pela Colômbia, a Seleção só terá a oportunidade de se "vingar" da Alemanha na final, já que a seleção europeia passou em segundo lugar de seu grupo. 

Veja os confrontos de quartas de final dos Jogos Olímpicos:

13h - Portugal x Alemanha - Brasília
16h - Nigéria x Dinamarca - Salvador
19h - Coréia do Sul x Honduras - Belo Horizonte
22h - Brasil x Colômbia - São Paulo