Shiwen Ye (Foto: AFP)

Shiwen Ye se concentra antes de nadar os 400m medley no Rio de Janeiro (Foto: AFP)

Rafael Valesi
08/08/2016
06:45
Rio de Janeiro (RJ)

O que faz um atleta sair do estrelato para o ostracismo em apenas um ciclo olímpico? É o que acontece com a nadadora chinesa Shiwen Ye neste momento. Ela foi um dos destaques da Olimpíada de Londres-2016 com apenas 16 anos de idade, ao faturar o ouro nos 200m e 400m medley. Mas, na Rio-2016, aos 20 anos, ela é apenas mais uma entre os 908 atletas que competem na modalidade no Estádio Aquático carioca.

Há quatro anos, Ye roubou a cena na Inglaterra. O ápice de sua performance foi nos 400m medley, em que bateu o recorde mundial com o tempo de 4m28s43, mais de um segundo de diferença da marca anterior (4m29s45).

O resultado gerou desconfiança na imprensa internacional. Jornalistas europeus e americanos chegaram a questionar a atleta, em entrevistas coletivas durante a Olimpíada de Londres, se ela era uma atleta limpa ou dopada. A insinuação era de que Ye só venceu por meio de uso de substâncias proibidas, algo que nunca foi provado.

Desde então, a atleta chinesa nunca mais foi a mesma. No atual ciclo olímpico, Ye não conseguiu nenhum resultado expressivo em competições de grande porte. Nos Mundiais de Barcelona-2013 e Kazan-2015, seu melhor resultado foi o quarto lugar nos 200m medley na cidade espanhola. As marcas, ao invés de melhorar, só pioraram.

O motivo do declínio nunca ficou claro – até porque, como a China é um país fechado, os atletas são blindados. Uma das suspeitas para isso foram as más condições físicas da atleta. Em agosto do ano passado, ela foi submetida a uma cirurgia em um dos tornozelos.

Nem mesmo a chegada da Olimpíada do Rio de Janeiro, um evento em que muitos atletas focam sua preparação e seus treinamentos, mudou a situação. Ye estreou no Estádio Aquático do Rio de Janeiro no último sábado, e ficou apenas em 27º lugar entre 33 atletas nos 400m medley – a mesma prova em que brilhou em Londres.

Nesta segunda-feira, a prodígio chinesa terá mais uma chance de dar a volta por cima, nas eliminatórias dos 200m medley, às 13h (de Brasília). Esta será sua última prova no Rio.

Estatísticas - Performance de Shiwen Ye nas últimas grandes competições

Olimpíada de Londres-2012

200m medley - 2m07s57 (1º)
400m medley - 4m28s43 (1º - recorde mundial na época)

Mundial de Barcelona-2013
200m medley - 2m10s48 (4º)
400m medley - 4m38s51 (7º)

Mundial de Kazan-2015
200m medley - 2m14s01 (8º)
400m medley - 4m42s96 (15º)

Olimpíada do Rio-2016
200m medley - nada nesta segunda-feira
400m medley - 4m45s86 (27º de 33 atletas)