médico Richard Budgett

Dr. Richard Budgett tranquiliza sobre o vírus zika: Olimpíada não será cancelada (Foto: Divulgação)

LANCE!
11/02/2016
19:50

O diretor médico do Comitê Olímpico Internacional (COI), Richard Budgett, disse nesta quinta-feira que não há chance de adiamento ou cancelamento dos Jogos Olímpicos Rio-2016, entre 5 e 21 de agosto. O assunto foi levantado durante a semana em razão de uma eventual epidemia do vírus zika no Brasil.

Segundo Budgett as autoridades estão fazendo o possível para combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti e reafirmou que as advertências contra viagens ao Brasil se resumem às grávidas.

– Nossa prioridade é proteger a saúde dos atletas. O COI não é autocomplacente. (As autoridades) estão fazendo todo o possível para conter e reduzir o problema antes dos Jogos. Nenhuma autoridade pública, da Organização Mundial de Saúde ou do governo, disse que temos de cancelar os Jogos — disse o médico.

Para tranquilizar as pessoas, o médico lembrou ainda que a incidência do vírus zika tende a diminuir durante o período em que acontecerá a Olimpíada, quando o tempo é mais seco e frio:

– Podemos dar garantias de que as autoridades do Brasil estão atuando com extrema seriedade – afirmou.

Ao mesmo tempo, o Comitê Organizador Rio-2016 já considera o grau de preocupação com o assunto acima do necessário.

– Nosso principal trabalho é acalmar todo mundo. O pânico está começando a ficar grande demais. Nós estamos procurando por fatos verdadeiros para que não criemos preocupações desnecessárias – disse o diretor de comunicações do Comitê, Mario Andrada.