LANCE!
10/08/2016
13:10
São Paulo (SP)

Definitivamente, a manhã desta quarta feira não foi boa para os atletas brasileiros na Olimpíada. A começar pelo judô, esporte no qual o Brasil carrega grandes ambições de medalhas. Tanto Tiago Camilo como Maria Portela, competidores na categoria médio, foram eliminados ainda nas oitavas de final e deram adeus ao sonho de subir ao pódio lutando em casa. 

A seleção brasileira feminina de handebol também teve um desempenho abaixo da expectativa e acabou derrotada para a Espanha, por 29 a 24, Arena do Futuro. Na esgrima, as atletas da casa também foram superadas por suas rivais, enquanto Felipe Wu, o primeiro medalhista do Brasil nesta edição dos Jogos Olímpicos, foi eliminado na fase classificatória do tiro de pistola de ar, distância de 10 metros. 

Judô

As esperanças de mais medalhas para o Brasil no judô  foram por água abaixo nesta manhã. Duas vezes medalhista olímpico (prata em Sidney-2000 e bronze em Pequim-2008), Tiago Camilo, competidor na categoria médio (até 90 kg) foi eliminado nas oitavas de final para Mammadali Mehdiyev, do Azerbaijão e não tem mais chances de brigar pelo pódio. 

Na mesma fase do torneio, a brasileira Maria Portela aplicou um movimento considerado ilegal na austríaca Bernadette Graf e foi eliminada. Como a luta estava no golden score (uma espécie de prorrogação no judô), a punição aplicada pela arbitragem sacramentou a derrota da judoca da casa. Visivelmente abatida com a situação, Portela caiu aos prantos ao deixar o tatame. 

Ciclismo de estrada 

Mais uma vez, a norte-americana Kristin Armstrong escreveu seu nome na história do esporte. Antes de chegar ao Rio, a experiente atleta, de 42 anos, era bicampeã olímpica da prova feminina de ciclismo de estrada contrarrelógio. Nesta manhã, porém, Armstrong se superou, derrotou as adversárias e conquistou seu terceiro ouro na prova.  

Esgrima 

As esgrimistas brasilieras não tiveram vida fácil nesta manhã. Depois de eliminar a atleta Lubna Alomair, da Árabia Saudita, a brasileira Tais Rochel enfrentou a russa Aida Shanaeva e acabou eliminada logo na segunda fase. Já Ana Beatriz Bulcão teve outra russa, a campeã mundial Inna Deriglazova, no caminho e também deu adeus ao torneio olímpico na Arena Carioca 3.  



Tiro Esportivo 

Primeiro atleta do Brasil a subir ao pódio nesta Olimpíada, o paulista Felipe Wu não conseguiu um bom desempenho na prova do tiro de pistola de ar, distância de 50 metros, e foi eliminado na fase classificatória ao ficar com a 39ª posição geral. Um pouco melhor, o também brasileiro Julio Almeida terminou em 30°, mas não obteve vaga para a final.

Handebol

A seleção brasileira feminina de handebol conheceu nesta manhã seu primeiro revés nos Jogos Olímpicos do Rio. Depois de duas convincentes vitórias contra Noruega e Romênia, respectivamente, as meninas do Brasil foram surpreendidas pela Espanha e saíram derrotadas, por 29 a 24, na Arena do Futuro. Agora, o time verde e amarelo volta suas atenções para a Angola, atual campeão da Copa Africana de Nações.

Remo

As fortes rajadas de vento que assolaram a cidade do Rio de Janeiro na manhã desta terça-feira obrigaram os membros da Federação Internacional de Remo cancelar as provas que estavam programadas para acontecer hoje. No último domingo, as más condições climáticas também atrapalharam a realização das provas na Lagoa Rodrigo de Freitas.  

Lagoa - cancelamento
Vento forte no Rio de Janeiro impossibilitou a realização das competições de remo (Foto: JEFF PACHOUD / AFP)