RADAR/LANCE
29/07/2016
13:41
Rio de Janeiro (RJ)

Presente nos últimos dias na Granja Comary para auxiliar na preparação da Seleção Olímpica, o lateral esquerdo Marlon já está de volta a Santa Catarina. Revelado no Criciúma, o jogador retornou ao clube com boas lembranças dos grandes jogadores do mundo da bola, dentre eles o craque Neymar.

- Ao contrário do que todos pensam, ele (Neymar) é super do bem, super-humilde, conversava com todos os garotos novos, pedia para (os mais jovens) fazerem discurso, buscar suco. Mas ele é incrível e torço para ele e para o Brasil - comentou o lateral.

Marlon faz parte dos sete sparrings convocados pelo técnico Rogério Micale. O treinador da Seleção Olímpica chamou sete atletas nascidos em 1997 e 1998 que ajudaram na preparação da Seleção, além de terem sido observados também para o Sul-Americano Sub-20, que começa no início do próximo ano. Todos os garotos estão dentro da idade para as Olimpíadas de 2020.

- Essa experiência só aconteceu graças ao que o Criciúma me proporcionou. Vou guardar as muitas coisas que aprendi lá para ajudar o meu time futuramente. Nos jogos que acompanhei, o Criciúma dominou o primeiro tempo contra o Ceará, mas, no segundo, o adversário pressionou e eles ganharam. Na virada, eles (os jogadores) estavam zoando quando estávamos perdendo, mas daí viramos e eu pude zoar todo mundo também - comentou.