Lucas Pastore
22/08/2016
06:05
Rio de Janeiro (RJ)

Mike Krzyzewski se despediu da seleção americana masculina de basquete no topo do pódio. Contratado em 2006 após frustrantes medalhas de bronze na Olimpíada de 2004 e, dois anos depois, na Copa do Mundo, o treinador devolveu os Estados Unidos ao posto de maior potência da modalidade. Mas a ausência de grandes nomes do esporte na seleção que veio ao Rio de Janeiro deixa o seu legado na equipe ameaçado.

Nesse domingo, dos 12 jogadores que venceram a Sérvia por 96 a 66 e garantiram o terceiro ouro seguido para os Estados Unidos, apenas Kevin Durant e Carmelo Anthony haviam sido campeões olímpicos também em 2012, nos Jogos de Londres. Entre lesionados e jogadores que pediram dispensa, o Coach K não pôde contar com nomes como Stephen Curry, Russell Westbrook, LeBron James, Kawhi Leonard e Blake Griffin.

A construção de um programa foi uma das motivações para a contratação de Krzyzewski. Dos 12 jogadores campeões em Londres, cinco haviam subido no lugar mais alto do pódio em Pequim, quatro anos antes, incluindo os titulares Chris Paul, Kobe Bryant, LeBron James e Carmelo Anthony. Alguns eram jovens promessas, como Russell Westbrook, James Harden e Anthony Davys, que não deram sequência ao trabalho nos Jogos do Rio de Janeiro.

Na primeira fase da Olimpíada, os Estados Unidos tiveram dificuldade para superar três dos cinco adversários do grupo. Derrotaram a Austrália por 98 a 88, a Sérvia por 94 a 91 e a França, que poupou Tony Parker, seu principal astro, por 100 a 97. Entre as razões para o desempenho abaixo do esperado, o Coach K citou a falta de experiência internacional de seu elenco. Ele lembrou que o time de 2008 teve de se classificar por meio da Copa América de 2007 para afirmar que ainda não havia encontrado esse tipo de dificuldade.

Por isso, mesmo com o tricampeonato olímpico, os Jogos do Rio de Janeiro colocam um ponto de interrogação no legado do Coach K. Problema para Gregg Popovich, novo técnico da seleção americana, resolver.

ELENCOS OLÍMPICOS DO COACH K

Pequim-2008
Carlos Boozer, Carmelo Anthony, Chris Bosh, Chris Paul, Deron Williams, Dwight Howard, Dwyane Wade, Jason Kidd, Kobe Bryant, LeBron James, Michael Redd e Tayshaun Prince

Londres-2012
Andre Iguodala, Anthony Davis, Carmelo Anthony, Chris Paul, Deron Williams, James Harden, Kevin Durant, Kevin Love, Kobe Bryant, LeBron James, Russell Westbrook e Tyson Chandler.

Rio de Janeiro-2016
Carmelo Anthony, DeAndre Jordan, DeMar DeRozan, DeMarcus Cousins, Draymond Green Harrison Barnes, Jimmy Butler, Kevin Durant, Klay Thompson, Kyle Lowry, Kyrie Irving e Paul George.