Natação - João Gomes (foto:Divulgação)

João Gomes Jr. aponta para o céu após conseguir vaga olímpica (foto: Satiro Sodré/CBDA)

LANCE!
15/04/2016
20:36
Rio de Janeiro

Há exatamente um ano, João Gomes Jr. estava suspenso das competições. Flagrado em exame antidoping no Campeonato Mundial em piscina curta em Doha (QAT), em dezembro de 2014, o nadador encarou um gancho de seis meses que o tirou dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, e também do Campeonato Mundial em Kazan, na Rússia. Ontem, 12 meses depois, veio a volta por cima. No Troféu Maria Lenk, no Estádio Aquático, o atleta classificou-se para os Jogos Olímpicos do Rio.

O capixaba de 30 anos foi um dos destaques do dia ontem no primeiro dia da competição. Além de ficar com uma das vagas na equipe olímpica nos 100m peito (a outra foi obtida por Felipe França), João cravou o segundo melhor tempo do mundo neste ano, nas eliminatórias.

João, que defende o clube Pinheiros, marcou 59s06 nas baterias da manhã. Em 2016, apenas o britânico Adam Peaty foi melhor: 58s41.

– Estou muito feliz por ter feito o segundo melhor tempo do mundo no ano, e estar carimbando o meu nome nas Olimpíadas. Eu já vinha brigando para chegar nesse tempo desde 2008. Eu lutei muito para isso. A minha marca na cabeça é um ouro olímpico, não vejo o tempo e nem nada disso – falou o nadador.

Na final, à noite, João venceu novamente, com um tempo um pouco pior: 59s10. França veio logo em seguida, com 59s36.

Outros classificados

Além de João Gomes Jr. e Felipe França, outros cinco nadadores brasileiros asseguraram participação na Olimpíada do Rio, já que o Troféu Maria Lenk é a segunda e última seletiva nacional para o evento.

O primeiro a se confirmar foi Brandonn Almeida, uma das maiores revelações da natação brasileira. Medalhista de ouro no Pan de Toronto nos 400m medley, o atleta de apenas 19 anos nadou a distância no tempo de 4m14s63.

Outro jovem nadador, Luiz Altamir (19 anos), se garantiu nos 400m livre. Sua classificação, no entanto, não aconteceu no Troféu Maria Lenk, mas sim no Torneio Open, no ano passado em Santa Catarina, em que ele marcou 3m50s32.

Na natação feminina, as classificadas foram Joanna Maranhão nos 400m medley, e Daiene Dias e Daynara de Paula nos 100m borboleta.