Morten Soubak treinador da Seleção Brasileira / Foto: CBHb

Morten Soubak é treinador da Seleção Brasileira de handebol há sete anos / Foto: CBHb

Fábio Suzuki
16/08/2016
12:39
Rio de Janeiro (RJ)

O Brasil era uma das equipes que brigava por um lugar no pódio dos Jogos Olímpicos Rio-2016 mas o sonho da medalha olímpica parou na grande atuação da Holanda. O sistema defensivo montado pela equipe adversária foi apontado pelo técnico Morten Soubak como fator determinante para a eliminação do Brasil, que não conseguiu aproveitar o apoio da torcida brasileira para avançar às semifinais da competição. 

- Era uma honra, um orgulho jogar uma Olimpíada em casa e tínhamos potencial para conquistar uma medalha olímpica. Infelizmente não aconteceu e isso vai doer por muito tempo - comentou Morten, após a partida. 

Segundo o técnico da Seleção Brasileira, a equipe teve muitas dificuldades para superar a defesa da Holanda, que soube aproveitar as chances e se manter à frente do placar por toda a partida. No final, derrota de 32 a 23 e fim do sonho olímpico do Brasil na modalidade. 

- Não tivemos sucesso no jogo de hoje muito pelo sistema defensivo da Holanda, que jogou muito bem. Ficamos presos e não conseguimos atacar como fizemos nos outros jogos - avaliou o dinamarquês que treina a Seleção Brasileira há sete anos. 

Ele apontou também o excesso de punições de dois minutos que as jogadoras do Brasil sofreram durante a partida, principalmente no início do segundo tempo quando a Seleção esboçou uma reação e chegou a encostar no placar ficando um gol de diferença apenas. 

- Fizemos um novo plano de jogo para o segundo tempo mas as punições que tomamos atrapalharam muito e a Holanda soube aproveitar para abrir a vantagem no placar novamente - comentou Morten.