Atletismo - Yelena Isinbayeva

Yelena Isinbayeva é bicampeã olímpica (Foto:AFP)

LANCE!
16/11/2015
20:38
Rio de Janeiro (RJ)

A bicampeã olímpica do salto com vara Yelena Isinbayeva fez duras críticas à Associação Internacional das Federações de Atletismo (Iaaf) pela decisão de suspender a Rússia de competições internacionais após o recente escândalo de doping investigado por uma comissão da Agência Mundial Antidoping (Wada).

– É uma medida completamente injusta. Por que esportistas como eu, limpos, devem pagar por aqueles que tiveram práticas desonestas? Não é honesto do ponto de vista dos esportistas – afirmou a atleta em coletiva.

Ela acha difícil disputar os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, sob a bandeira olímpica. A hipótese foi levantada por seu técnico, Evgeni Trofimov, para o caso de a Rússia não conseguir reverter a decisão a tempo.

– É uma possibilidade. Ela está limpa e quer provar a sua inocência – declarou o treinador da medalhista de ouro nas edições de Atenas (GRE), em 2004, e Pequim (CHN), em 2008.

A russa não compete desde o Mundial de Moscou, em 2013. Ela ficou afastada do esporte para ser mãe, mas voltou com planos de encerrar a carreira nos Jogos do Rio. Nesta segunda-feira, a atleta disse que nada está certo.

– Não tenho certeza de que seja possível competir sob a bandeira olímpica. Estão falando sobre isso nos círculos esportivos, mas ninguém sabe nada concretamente – disse a atleta.

Em 1980, o britânico Sebastian Coe, presidente da Iaaf, disputou os Jogos de Moscou sob a bandeira olímpica, pois os Estados Unidos encabeçaram um boicote de países ao evento.