Luciano Corrêa (foto:Henry Romero)

Luciano Corrêa sonhava em disputar sua terceira edição dos Jogos Olímpicos (foto:Henry Romero)

LANCE!
01/06/2016
20:21
São Paulo (SP)

A convocação da equipe brasileira de judô para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira, não mexeu apenas com os atletas chamados para a competição. Fora da disputa, o meio-pesado Luciano Corrêa (100kg) pode ter se despedido da Seleção.

- Ele falou comigo que pela Seleção Brasileira encerrou a carreira dele. A Olimpíada em casa seria a última competição dele pela equipe. Como não vai participar, encerra a participação dele na seleção. Pode ser que estenda um pouco mais pelo Minas Tênis Clube, mas não no time nacional – Ney Wilson, gestor de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Judô (CBJ).

Aos 33 anos, Corrêa vivia a expectativa de disputar os Jogos Olímpicos pela terceira vez na carreira, após estar presente em Pequim-2008 e Londres-2012. Na China, ele chegou até a repescagem, mas não conseguiu uma medalha. Já na Inglaterra, o lutador acabou eliminado na segunda luta.

Além disso, o experiente judoca tem no currículo duas medalhas em mundiais: ouro no Rio de Janeiro, em 2007, e bronze no Cairo, em 2005.

Na disputa pela vaga na Rio-2016, Corrêa perdeu a disputa para o jovem Rafael Buzacarini, de 24 anos, que ocupa uma melhor posição no raking mundial no momento.