LANCE!
10/08/2016
18:27
São Paulo (SP)

A desta quarta-feira nos Jogos Rio-2016 foi bem mais animadora para o torcedor brasileiro do que a manhã. Os destaques ficaram por conta do vôlei de praia, com vitória de Alison e Bruno Schmidt, e da natação, com classificações de Thiago Pereira, Henrique Rodrigues, Leonardo de Deus e Etiene Medeiros para as semis em suas categorias. A eliminação da Argentina no futebol também pode ser considerada uma espécie de vitória para o Brasil por conta da rivalidade entre os países.

Vale também destacar a repercussão do ataque sofrido na noite dessa terça-feira por um ônibus que transportava jornalistas que cobrem a Rio-2016. Luiz Fernando Correa, chefe da segurança da Rio-2016, concedeu entrevista para esclarecer que haverá reforço policial no local em que o veículo foi apedrejado. Ainda assim, a organização dos Jogos admitiu ter dúvidas sobre o assunto

Futebol
Ao menos dois jogos chamaram atenção do torcedor brasileiro no torneio de futebol da Rio-2016 nesta quarta-feira. A Argentina empatou em 1 a 1 com Honduras e foi eliminada ainda na fase de grupos. A Alemanha, por outro lado, voltou a passear no Mineirão (pouco mais de dois anos após o fatídico 7 a 1) e goleou a frágil seleção de Fiji por 10 a 0. Eles encaram Portugal, nas quartas.

Em tempo: o Brasil entra em campo na noite desta quarta, em Salvador, contra a Dinamarca. O único resultado que interessa para a equipe de Rogério Micale é a vitória. A derrota significa eliminação, enquanto um empate dificilmente garante o país-sede na próxima fase.

Natação
Sem grande destaque até aqui na Rio-2016, os nadadores do Brasil tiveram bom desempenho na tarde desta quarta e colocaram uma semente de esperança de pódio no coração de cada um dos torcedores que marcaram presença no Estádio Aquático da Barra da Tijuca.

Na prova classificatória para as semifinais dos 200m medley, Thiago Pereira fez o quinto melhor tempo (1m58s63) e avançou, assim como Henrique Rodrigues (em quarto, com 1m58s56). O fenômeno estadunidense Michael Phelps (1m58s41), terceiro mais rápido na prova, também garantiu sua vaga na próxima etapa.

Na prova classificatória para as semifinais dos 200m costas, Leonardo de Deus não apenas avançou para a próxima fase como ainda quebrou o recorde brasileiro, que pertencia a Thiago Pereira. O nadador do Corinthians conseguiu 1m57s00.

Também em prova classificatória para as semifinais, mas dessa vez para os 100m livre, a brasileira Etiene Medeiros avançou. Ela fez 54s38 e conseguiu a 14ª colocação entre as 16 classificadas na prova mais nobre da natação. Todos tentam vagas nas finais de quinta nesta quarta à noite. Siga todos os eventos do dia no tempo real do LANCE!.

Vôlei de praia
Vitória do Brasil no vôlei de praia. Nenhuma novidade, certo? Errado! A dupla formada por Alison e Bruno Schmidt fez uma partida de superação para bater, na raça, os italianos Ranghieri e Carambula (invictos até então) por 2 sets a 0 (parciais de 21-19 e 21-16). Alison sofreu torceu o tornozelo ainda no primeiro set e assustou os torcedores. Mesmo mancando e claramente com dores, ele continuou jogando e, junto com seu parceiro, deixou o Brasil ainda mais perto das oitavas de final.

A dupla brasileira formada por Ágatha e Bárbara Seixas não fez jus ao título de atual campeã do mundo. Elas perderam por 2 sets a 0 (21-17 e 22-20) para as espanholas Liliana Fernandez e Elsa Baquerizo. A boa notícia fica por conta da classificação: mesmo com a derrota, as brasileiras ficaram em segundo lugar no grupo e se garantiram nas oitavas de final.

Esgrima
Principal nome da esgrima brasileira (mas ainda assim sem grande expectativa de medalha), Renzo Agresta foi detonado em seu duelo de estreia e acabou eliminado precocemente da Rio-2016. O georgiano Sandro Bazadze aplicou 15 a 3 para cima do brasileiro e ficou com a vaga para a próxima fase, para decepção da torcida presente na Arena Carioca 3.

Rúgbi
Ainda lutando por um espaço para quem sabe um dia chegar ao nível das potências mundiais do rúgbi, a Seleção Brasileira foi derrotada por 31 a 0 para a favorita Argentina. Aqui vale destacar que a Nova Zelândia (talvez a maior candidata ao ouro nos Jogos) passou para as quartas de final no sufoco, graças à diferença de saldo. O Brasil está eliminado.

Vela
Maior candidato a medalha na modalidade para o Brasil, Robert Scheidt se recuperou na classe Laser nesta quarta-feira, terceiro dia de regatas. Ele chegou em 11º e em 2º nas duas provas desta tarde e saltou para a quarta posição na classificação geral, se aproximando do pódio.

Vale ainda destacar que a dupla formada por Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan estreou com o pé direito na classe 470 feminino, ficando em 5º lugar nas duas regatas do dia e ocupando momentaneamente a quarta posição geral.

Boxe
O pugilista Michel Borges parece ter mostrado a que veio na luta desta tarde. O brasileiro bateu o croata Hrvoje Sep por 3 rounds a 0 na categoria peso-meio-pesado (até 81 kg) e avançou às quartas de final. Ele enfrentará o cubano Julio Cesar La Cruz no domingo. Vale lembrar que o atleta de Cuba foi derrotado pelo brasileiro Yamaguchi Falcão nos Jogos de Londres, em 2012, na disputa pela medalha de bronze.

Canoagem slalom
O brasileiro Pedro Gonçalves fez bonito em sua participação na final da categoria K1. Com apenas 18 anos, o jovem atleta ficou a apenas três segundos do vencedor, o britânico Joseph Clarke. O esloveno Peter Kauzer e o checo Jiri Prskavec completaram o pódio. Em sexto lugar, o Brasil teve seu melhor desempenho na modalidade na história dos Jogos Olímpicos.

Tênis
A chuva que vem castigando o Rio de Janeiro adiou para quinta-feira 20 partidas que estavam programadas para esta quarta. Entre os jogos com programação alterada, estão duelos de Andy Murray, Rafael Nadal e Thomaz Bellucci.