Estádio Aquático de Deodoro é inaugurado

Centro Aquático que receberá a natação do pentatlo moderno foi inaugurado (Foto: Alex Ferro)

Jonas Moura
10/03/2016
17:18
Rio de Janeiro (RJ)

A última instalação do pentatlo moderno para os Jogos Rio-2016 que faltava foi inaugurada nesta quinta-feira, no Complexo Esportivo de Deodoro. O Centro Aquático, que receberá provas de natação da modalidade, foi celebrado pelas autoridades em evento que aconteceu durante a disputa da segunda etapa da Copa do Mundo, evento-teste da Olimpíada. Mas detalhes foram observados.

Terceiro melhor brasileiro no ranking nacional, atrás de Felipe Nascimento e Danilo Fagundes, William Muinhos elogiou as instalações, mas sentiu falta de uma estrutura para preservar os atletas do forte sol. O evento-teste vai até domingo, com a participação de 187 nomes, do Brasil e do exterior.

– Eu rodo o Circuito Mundial e vi que está bem dentro do padrão. Acho que ficou faltando uma cobertura melhor para os atletas por causa do calor. As instalações do combinado e da esgrima estão perfeitas. A piscina eu curti, apesar de não ter notado tantas diferenças depois da reforma – avaliou William, cercado por atletas e membros da equipe brasileira, todos embaixo de um guarda-sol em busca de sombra para assistir à natação.

Medalhista de bronze nos Jogos de Londres (ING), em 2012, e ouro no Pan de Toronto (CAN), em 2015, a pernambucana Yane Marques é uma das promessas de medalha do Brasil. Embora a presença de uma atleta de peso ajude a atrair o público, William lamentou que o evento-teste seja fechado.

William Muinhos
William Muinhos busca vaga nos Jogos Olímpicos do Rio no pentatlo moderno (Foto: Reprodução)

– Eu achava que o evento poderia ser aberto ao público para divulgar mais o esporte, mas como (o local) ainda não está 100% concluído, faltam arquibancadas, não foi possível. É uma pena não ter ingressos à venda – disse.

A piscina do Centro Aquático foi construída para os Jogos Pan-Americanos de 2007 e passou por uma reforma para receber a Olimpíada. A revitalização do equipamento incluiu novos revestimentos interno e externo, reforço na impermeabilização, sistema de filtragem e vestiários mais modernos.

O ministro do Esporte, George Hilton, compareceu ao evento, após fazer uma visita às obras do Centro de Hipismo, que estão atrasadas. Foram investidos no Centro Aquático R$ 4,4 milhões com recursos do governo federal. O prefeito Eduardo Paes foi representado pelo presidente da Empresa Olímpica Municipal, Joaquim Monteiro de Carvalho.

– Esse equipamento permitirá que o esporte de alto rendimento tenha protagonismo na Olimpíada e em campeonatos nacionais e internacionais. Mas também será utilizado para a formação de novos atletas – disse Hilton.

Na Olimpíada, o pentatlo reúne disputas de natação, esgrima, hipismo e combinado (tiro e corrida).