Mineirão

Esquema foi reforçado para garantir a segurança das delegações e torcedores que vão ao Mineirão (Foto: Divulgação)

Enrico Bruno
02/08/2016
19:02
Belo Horizonte (MG)

Infelizmente, as partidas no Mineirão e as estrelas do futebol não serão os únicos motivos que irão atrair as atenções para Belo Horizonte durante estes Jogos Olímpicos. O temor por um ato terrorista obrigou as autoridades a reforçar os esquemas de segurança na capital mineira desde a chegada das delegações até o término de todos os dez jogos que a cidade irá receber. Nesta quarta-feira, o pontapé inicial será dado no estádio da Pampulha. Além de Nova Zelândia e Colômbia, Estados Unidos e França, dois países com histórico de atentados, também irão estrear na competição jogando em BH.

Mais de nove mil policiais foram destacados para garantir a segurança das delegações esportivas, além de 1700 militares do Exército. Nos últimos dias, as atletas de todas as delegações conviveram com um forte esquema de segurança, seja nas proximidades do hotel onde estão concentradas ou dentro e nas cercanias dos centros de treinamentos. A proteção, no entanto, não impediu que os esportistas conhecessem alguns pontos turísticos de Minas Gerais.

As francesas visitaram o Parque das Mangabeiras e o Museu de Inhotim, referência turística na região metropolitana, enquanto as americanas saíram para conhecer o churrasco brasileiro e tomar açaí. Parte da delegação britânica, que também está em Belo Horizonte, visitou as regiões da Pampulha e Savassi.


Nos dez dias em que o Mineirão irá receber os jogos, algumas mudanças serão feitas nos arredores do estádio. Algumas vias serão fechadas e haverá restrição quanto a passagens e ao estacionamento de veículos. Além disso, moradores de alguns bairros vizinhos terão que portar uma autorização emitida pela prefeitura para circular no perímetro determinado.

A Polícia Civil ainda montou um esquema especial para receber as ocorrências dos turistas, torcedores e moradores dos bairros vizinhos ao Mineirão. Os atendimentos serão divididos em três delegacias. A primeira delas vai funcionar dentro do estádio e apenas nos dias dos jogos, destinada apenas aos acontecimentos no interior do Mineirão.

Para ocorrências no perímetro de segurança, haverá outra delegacia, localizada na orla da Lagoa da Pampulha. A terceira opção será o ônibus da Polícia Civil, que funcionará também como delegacia móvel, além de evitar sobrecarregar os outros locais.