Daniel Bortoletto
25/07/2016
11:51
Enviado especial a Lausanne (SUI)

O LANCE! visitou, neste mês, o Museu do Comitê Olímpico Internacional, em Lausanne, na Suíça. Até setembro, o Brasil estará em destaque com uma exposição temporária, destacando aspectos esportivos, culturais, sociais e musicais.

Você encontra fotos de Pelé e Garrincha, representante o "futebol bonito" de outros tempos, assiste aos vídeos do Carnaval, ouve sucessos da Bossa Nova e pode até aprender algumas palavras e gírias em português. Este setor, por exemplo, gerou polêmica pois apresentava palavras com duplo sentido, como "gostosa". Depois da repercussão negativa ela foi retirada do sistema.

Nos jardins do museu foram espalhados perfis de grandes atletas brasileiros. Neste caso, não apenas os olímpicos. Ayrton Senna, tricampeão de Fórmula 1, é um dos "intrusos". Confira os demais na galeria de fotos.

No press kit distribuído na entrada da exposição, um erro chama a atenção. Giovane Gávio, bicampeão olímpico no vôlei em Barcelona-92 e Atenas-2004, é retratado como jogador de handebol.

A entrada para conhecer a exposição sobre o Brasil é gratuita. O visitante paga apenas caso queira conhecer o espaço permanente, que conta a história olímpica com objetos, fotos e vídeos. O valor é de aproximadamente R$ 60.