RADAR/LANCE!
08/08/2016
00:09
Rio de Janeiro (RJ)

O domingo foi de altos e baixos para o Brasil. Destaque para o resultado conquistado pelo tênis de mesa masculino, que igualou sua melhor marca na história, ao se classificar para as quartas-de-final. Vale ressaltar também o triunfo inédito do handebol masculino: 34 a 32 sobre a Polônia e a primeira vitória sobre um time europeu em olimpíadas.

A pequena Flavia Saraiva, com apenas 16 anos, foi destaque na ginástica artística. Ela está praticamente garantida na final do individual geral, com Rebeca Andrade, e da trave na Olimpíada do Rio. Nas duplas do tênis, Bellucci e André Sá venceram os irmãos Murry por 2 sets a 0 em dois tie-breaks.

Já para a turma do basquete o domingo da Rio-2016 não foi tão bom assim. O time de Leandrinho, Nenê e cia foi superado pela consistente seleção da Lituânia. Após ficarem 30 pontos atrás no placar, o Brasil tentou a reação, mas não foi o bastante para evitar o triunfo de 82 a 76 dos europeus.

No futebol masculino, nova decepção. Os comandados de Rogério Micale ficaram novamente no 0 a 0, desta vez contra o Iraque, em Brasília.