LANCE!
13/08/2016
18:19
São Paulo (SP)

A tarde olímpica não teve boas notícias para o torcedor brasileiro. A principal derrota ficou por conta da Seleção masculina de basquete, que acabou derrotado para a Argentina. naquele que foi até aqui o melhor jogo da modalidade na Rio-2016.

Outras modalidades, no entanto, também não deram alegria para o Time Brasil. No vôlei de praia, o país-sede sofreu sua primeira eliminação. No handebol, derrota inesperada para o Egito. Nem na vela, com o já bicampeão olímpico Robert Scheidt, os resultados foram satisfatórios.

Confira tudo isso e muito mais no resumo abaixo:

Basquete
Um dos duelos mais esperados pelo torcedor brasileiro acabou em decepção. A Seleção masculina de basquete perdeu para a Argentina por 111 a 107 em um jogaço com duas prorrogações. Assim, o Brasil chega a três derrotas em quatro jogos, precisando vencer a Nigéria por um placar generoso na última rodada e torcer para uma combinação de resultados para avançar às quartas de final.

Handebol
A Seleção Brasileira masculina passou praticamente o jogo todo diante do Egito atrás no placar. Na reta final, o Brasil buscou o empate e, no fim, saiu satisfeito com o marcador apontando 27 a 27. A classificação à próxima fase ainda não está garantida, mas o país-sede depende apenas de si para avançar.

Tênis
O britânico Andy Murray e o argentino Juan Martín Del Potro farão a final do torneio de simples de tênis na Rio-2016. Favorito em seu duelo semifinal, Murray despachou o japonês Kei Nishikori por 2 sets a 0 (6-1 e 6-4). No outro duelo (equilibradíssimo, por sinal), o espanhol Rafael Nadal foi superado por Del Potro: 2 a 1 (5-7, 6-4 e 7-6).

Futebol
Três dias após aplicaram 10 a 0 para cima da frágil seleção de Fiji, a Alemanha atropelou Portugal nas quartas de final do torneio masculino de futebol. Com o placar de 4 a 0, os alemães passearam no Mané Garrincha e se garantiram nas semifinais.  Agora, encaram a Nigéria, que bateu a Dinamarca por 2 a 0.

Ainda neste sábado, a partir das 22h, a Seleção Brasileira entra em campo diante da Colômbia, na Arena Corinthians. O LANCE! acompanha o duelo eliminatório em tempo real.

Vela
Robert Scheidt, que havia chegado à segunda colocação no geral na categoria Laser na última sexta, fez duas regatas muito ruins neste sábado e caiu para o quinto lugar. Isso porque foi 26º e 11º colocado nas duas provas do dia. Restando apenas mais uma regata (que vale pontuação em dobro), ele precisa de uma combinação de resultados para conquista o bronze.

Vôlei de praia
Uma das maiores decepções brasileiras na Rio-2016 até aqui foi a eliminação da dupla formada por Pedro e Evandro. Eles viviam a expectativa de subir no pódio, mas caíram nas quartas de final para os russos Barsuk e Liamin por 2 sets a 1, com parciais 21-16, 14-21 e 10-15.

Ginástica de trampolim
O Brasil tão logo estreou na modalidade na história dos Jogos Olímpicos e já foi eliminado. Rafael Andrade errou uma das série de saltos ao aterrissar fora da área correta, obteve a 15ª melhor pontuação e acabou excluído da disputa por medalhas. O ouro ficou com a Bielorrússia; prata e bronze ficaram com atletas da China.