Lucas Pastore
14/08/2016
06:10
Rio de Janeiro (RJ)

Há 16 anos, o americano Vince Carter, então ala-armador do Toronto Raptors, conseguiu uma das maiores enterradas do basquete mundial na Olimpíada de Sydney, em partida contra a França, ao finalizar depois de saltar sobre o pivô Frédéric Weis, de 2,18m de altura. Hoje, o americano DeMar DeRozan, ala-armador do Toronto Raptors, enfrenta a França às 14h15, na Arena Carioca 1, como grande especialista da seleção masculina para tentar repetir o feito de seu antecessor no Rio.

No dia 25 de setembro de 2000, os Estados Unidos venceram a França por 106 a 94 na última rodada da primeira fase com 13 pontos de Carter, dois deles na épica enterrada sobre Weis. O lance fi inspiração para gerações de fãs do fundamento até chegar a DeRozan.

– Me lembro de assistir aquilo como criança e fiquei impressionado. Realmente não acreditei no que aconteceu. Como criança, pensei que tinha sido combinado (risos). Foi uma loucura – disse DeRozan, respondendo pergunta do LANCE! em coletiva da seleção americana.

DeRozan perdeu espaço com o decorrer da Olimpíada. Depois de jogar 18 minutos contra a China e 16 contra a Venezuela, foi utilizado por somente três contra a Austrália e dez contra a Sérvia. Tem médias de 6,2 pontos, um rebote e uma roubada de bola em 11,7 minutos por exibição no Rio de Janeiro.

Se acionado hoje, DeRozan terá nova chance de mostrar que pode render como no Raptors. Na última temporada, o astro teve médias de 23,5 pontos, 4,5 rebotes e quatro assistências em 35,9 minutos por jogo. Acertou 44,6% dos arremessos e 58,2% dos tiros de perto da cesta, como bandejas e enterradas.

Em 2000, Carter voltou a vencer a França na final da Olimpíada. Hoje, DeRozan espera fazer o mesmo.

QUEM É ELE

Nome 
DeMar DeRozan

Nascimento
7/8/1989 - Compton (EUA)

Posição
Ala-armador

Na Olimpíada
6,2 pontos em 11,7 minutos por jogo

Na NBA
Médias de 23,5 pontos, 4,5 rebotes e quatro assistências em 35,9 minutos por exibição na temporada regular e 20,9 pontos, 4,2 rebotes e 2,7 assistências em 37,3 minutos por exibição nos playoffs. O astro joga com os brasileiros Bruno
Caboclo e Lucas Bebê com a camisa do Toronto Raptors

placeholder

INSPIRAÇÃO

O mestre
Nascido no dia 26/1/1977, Vince Carter foi selecionado na quinta escolha do Draft de 1998 da NBA, originalmente pelo Golden State Warriors. Foi logo em seguida trocado para o Toronto Raptors, onde jogou de 1998 a 2004, tornando-se cinco vezes All-Star e campeão do Torneio de Enterradas.

Adeus
Depois de sair do Raptors, Carter ainda jogou por New Jersey Nets, Orlando Magic, Phoenix Suns e Dallas Mavericks antes de chegar ao Memphis Grizzlies, onde joga até hoje. Foi três vezes All-Star e uma vez vice-campeão da NBA desde que saiu do Canadá

Team USA
Pela seleção americana masculina de basquete, Carter foi campeão da Olimpíada de Sydney em 2000 e da Copa América de San Juan em 2003.