LANCE!
12/08/2016
17:58
Rio de Janeiro (RJ)

Rafael Silva, Mayra Aguiar, Tiago Camilo, Leandro Guilheiro e Aurélio Miguel. Os Jogos do Rio de Janeiro colocaram dois nomes em um grupo seleto da história do judô brasileiro. Depois de Mayra na quinta, foi a vez de Rafael, nesta sexta, conquistar o bronze e garantir sua segunda medalha em duas Olimpíadas.

Baby, como é conhecido, conquistou a 22ª medalha do judô brasileiro. Uma história que começou com o bronze de Chiaki Ishii, em Munique-1972. O primeiro ouro foi de Aurélio Miguel, na Coreia do Sul, em 1988. Desde a Olimpíada de Los Angeles, em 1984, o Brasil não passa um Jogos sem medalha no judô, assim como os homens neste esporte. Foi a quarta medalha brasileira no Rio de Janeiro, que já tinha o ouro de Rafaela Silva e bronze com Mayra Aguiar, também nos tatames, e a prata de Felipe Wu, no tiro.

Aurélio Miguel foi o primeiro a conseguir a façanha no judô, com ouro em Seoul-1988 e bronze em Atlanta-1996. Tiago Camilo foi medalha de prata em Sidney-2000 e bronze em Pequim-2008. Leandro Guilheiro levou bronze em Atenas-2004 e repetiu a dose quatro anos depois, na China. Mayra e Rafael brilharam com bronzes em Londres e no Rio de Janeiro.