Alex Tjong

Alex Tjong está nas oitavas de final (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
25/11/2015
17:57
Rio de Janeiro (RJ)

Os brasileiros Ygor Coelho e Alex Tjong garantiram a classificação para as oitavas de final do II Yonex Brasil Open, competição válida como evento-teste do badminton para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Nesta quarta-feira, no torneio com o mesmo formato da disputa olímpica, com fase de grupos seguida de eliminatória.

Quem também se garantiu na próxima fase foi o chinês Lin Dan (3º), atual bicampeão olímpico e pentacampeão mundial. Nesta quinta-feira, as oitavas começam a partir das 13h15 (de Brasília). A fase de grupos das demais categorias iniciam mais cedo, às 10h.

Atual número um do Brasil e 72º no ranking mundial, Ygor Coelho se classificou em segundo lugar no Grupo G e vai enfrentar o chinês Guo Kai (112º), às 14h. Nesta quarta-feira, em sua última partida na fase de grupos, o brasileiro foi derrotado pelo ucraniano Artem Pochtarev (92º), por 2 sets a 1, parciais de 13-21, 21-19 e 20-22.

- Estou muito feliz por estar nas oitavas de final do evento-teste. Estou me sentindo como se fosse nos Jogos Olímpicos. Perdi meu jogo, mas é bom saber que ainda estou vivo na competição e farei o meu melhor - declarou.


Pochtarev será justamente o adversário de Alex Tjong (114º) na próxima fase. Os dois também se enfrentam às 14h. Nesta quarta-feira, o brasileiro encerrou sua participação na fase de grupos com derrota para o espanhol Pablo Abian (35º), por 2 sets a 1, parciais de 21-18, 16-21 e 8-21.

Já Lin Dan obteve seu segundo triunfo no evento-teste. No Grupo A, o chinês derrotou com facilidade o eslovaco Matej Hlinican (168º), por 2 sets a 0, parciais de 21-9 e 21-16. Nas oitavas, o bicampeão olímpico vai enfrentar o tcheco Milan Ludik (62º), às 14h.

Na chave de simples feminina, a americana Rong Schafer (36ª) foi derrotada pela chinesa Li Yun (132ª), por 2 sets a 1, parciais de 21-23, 21-14 e 18-21, pelo Grupo A. Número um do Brasil, Lohaynny Vicente (63ª) voltou a vencer no Grupo B. A brasileira superou a mexicana Mariana Ugalde (144ª), por 2 sets a 0, parciais de 21-9 e 21-17.