David Moura (Foto: Divulgação)

David Moura em ação no Grand Slam de Baku. Mais um pódio para o Brasil na competição (Foto: Divulgação)

LANCE!
08/05/2016
14:40
Baku (AZE)

Depois da prata de Maria Portela, David Moura conquistou a segunda medalha do Brasil no Grand Slam de Baku neste domingo, na categoria acima de 100kg. No duelo decisivo contra Temuulen Batulga, da Mongólia, o brasileiro, que trava batalha contra Rafael Silva por vaga na Olimpíada do Rio, em agosto, pontuou com um yuko para garantir o pódio e os 200 pontos no ranking mundial.

David chegou à semifinal com vitórias sobre Nadir Huseynov, do Azerbaijão, Mohammed Tayeb, da Argélia, Barna Bor, da Hungria e, na semifinal, perdeu para o ucraniano Iakiv Khamo, medalhista de bronze no último campeonato mundial.

– Fiz muito boas lutas, com a atitude que venho treinando. Ajustarei os detalhes mas seguindo nessa minha linha. Meu trabalho está sendo bem feito e essa medalha é fruto disso – disse David.

Rafael Silva, Luciano Corrêa (100kg) e Rafael Buzacarini (100kg) não avançaram às disputas por medalha. O primeiro perdeu nas quartas para o ucraniano Iakiv Khammo (7º do ranking) ao sofrer um ippon e não voltou para a repescagem, por lesão, não divulgada.

Antes de Baku, Baby era o nono do ranking mundial, com 1517 pontos, enquanto David era o 13º, com 1331. A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) anunciará a convocação no dia 1º de junho.

Rafael e David ainda terão computadas duas competições até lá: o Grand Prix de Almaty, no Cazaquistão, no próximo fim de semana, e o World Masters de Guadalajara, que reúne apenas os 16 melhores de cada categorias, nos dias 28 e 29 deste mês.