Wilson Baldini Jr.
21/08/2016
06:25
São Paulo (SP) 

A Olimpíada do Rio será lembrada sempre pelo excelente desempenho de grandes celebridades, que ratificaram todas as expectativas. Mas algum deles pode ser apontado como o maior atleta olímpico de todos os tempos? São vários os candidatos.

O norte-americano Michael Phelps aumentou sua coleção de medalhas, com mais cinco ouros e uma prata. É o maior nadador da história. O jamaicano Usain Bolt confirmou o tri nos 100m, 200m e revezamento 4x100 m. É o maior velocista que já existiu.

O francês Teddy Riner se sagrou bicampeão, além dos oito títulos mundiais. É o maior judoca de todos os tempos.

A japonesa Kaori Icho, da luta livre, se tornou a primeira mulher tetracampeã dos Jogos. O cubano Mijaín Lopez foi tri dos 130 quilos na greco-romana. São os melhores em suas modalidades.

Mas qual o melhor deles? Quem tem mais talento em seu esporte? Phelps e Bolt, além de excepcionais, ainda possuem mais marketing e seus esportes são mais reconhecidos pela imprensa e pelo público. Ambos, inclusive, deverão ter se apresentado pela última vez em Jogos Olímpicos. 

Mas além dos fora-de-série, ainda temos os candidatos a atingir este estágio daqui oito ou doze anos. A natação e a ginástica apresentaram suas futuras lendas. Katie Ledecky e Simone Biles. Ambas com 19 anos e ganhadoras de quatro ouros e uma prata no Rio.

Ficou faltando uma equipe fora-de-série. O basquete norte-americano nem pode ser chamado de  Dream Team. Vôlei, handebol, polo aquático, hóquei sobre a grama....nenhum time que se apresentou nas arenas cariocas será lembrado como o melhor de todos.

Mas não faz mal. Os Jogos do Rio, apesar de todos os gastos indevidos e das promessas não cumpridas, ganharam seu lugar na história do esporte.