Yuliya Efimova

Yulia Efimova, medalhista em Londres-2012, é um dos principais nomes da lista   Foto: Reprodução/Instagram

LANCE!
05/08/2016
11:49
São Paulo (SP)

Depois de ver parte considerável de sua delegação ser desfeita nos meses que antecederam o inicio dos Jogos do Rio de Janeiro, o Comitê Olímpico da Rússia corre contra o tempo para conseguir viabilizar a participação de mais alguns atletas na Olimpíada. Nesta manhã, os russos solicitaram ao COI (Comitê Olímpico Internacional) a inclusão de mais dez competidores no maior evento do esporte.

A principal reivindicação é sobre a nadadora Yuliya Efimova, medalhista olímpica em Londres-2012 e um dos principais nomes do país neste esporte. A defesa dos advogados russos baseia-se no argumento de que todos os dez atletas citados (veja lista completa abaixo) já cumpriram a suspensão estipulada pelas federações internacionais de cada esporte por terem sido flagrados no doping. Sendo assim, seria injusto que os esportistas sofressem a pena duas vezes.

Para o ministro do esporte da Rússia, Vitaly Mutko, a necessidade de enviar mais atletas ao Brasil é urgente, já que a Rússia deve brigar com o Reino Unido e Coréia do Sul pelo terceiro lugar geral no quadro de medalhas. "Nossas federações devem se apressar, já que a equipe olímpica deve ser ampliada", declarou ontem, pesaroso, o político.

A ideia de validar a participação destes atletas veio após a recente decisão do CAS (Corte Arbitral do Esporte) em aceitar, mesmo que parcialmente, o recurso apresentado por Efimova. É bem verdade que a russa ainda não tem sua vaga garantida nos Jogos, mas a sinalização de que isso pode acontecer é, no mínimo, um bom indício.

Confira os nomes

Yulia Efimova (natação);
Mikhail Dovgaliuk (natação);
Natalia Lovtsova (natação);
Anastasia Krapivina (natação);
Víctor Lebedev (luta olímpica);
Ivan Podshivalov (remo);
Anastasia Karabelshikova (remo);
Ilnur Zakarin (ciclismo);
Olga Zabelinskaya (ciclismo);
Sergei Shilov (ciclismo).