Fellipe Lucena
10/08/2016
20:52
São Paulo (SP)

O atacante Dorlan Pabón, que teve passagem sem brilho pelo São Paulo em 2014, foi o grande nome da vitória que garantiu a Colômbia nas quartas de final do futebol masculino olímpico. Com uma linda assistência para Teo Gutiérrez e um gol de pênalti, o camisa 8 decidiu o triunfo por 2 a 0 sobre a Nigéria, na Arena Corinthians. O público foi de 31.276 pessoas.

A Colômbia avançou em segundo lugar no Grupo B, com cinco pontos, um a menos que a própria Nigéria, que entrou em campo já com a primeira colocação assegurada.  Os colombianos disputam uma vaga na semifinal contra a Seleção Brasileira, às 22h do próximo sábado, em Itaquera. Os nigerianos jogam contra a Dinamarca, às 16h do mesmo dia, em Salvador.

Apesar da preferência da torcida brasileira pela equipe africana, a Colômbia não teve grandes dificuldades para vencer. O primeiro gol saiu pouco depois do apito inicial, com Teo Gutiérrez, novo reforço do Rosario Central (ARG), aproveitando lançamento preciso de Pabón. Na etapa final, Preciado foi derrubado pelo goleiro e Pabón converteu o pênalti com uma pancada.

Gutiérrez e Pabón, os autores dos gols, estão entre os três atletas maiores de 23 anos da seleção colombiana. O outro é o zagueiro Tesillo, do Independiente Santa Fe (COL), que também atuou como titular.