Rafael Valesi
27/07/2016
14:20
Enviado especial ao Rio de Janeiro 

Em clima de paz e amor, a delegação australiana e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, encerraram de uma vez por todas a crise entre as duas partes, devido aos problemas de infraestrutura na Vila dos Atletas.

Nesta quarta-feira, Paes encontrou-se com Kitty Chiller, chefe da delegação australiana nos Jogos Olímpicos Rio-2016, e atletas do país, em sua maioria do time de hóquei sobre grama masculino, em cerimônia na vila. O prefeito chegou com 25 minutos de atraso. Os australianos foram pontuais. 

No encontro, as trocas de afagos foram muitas. Paes entregou a chave da cidade do Rio de Janeiro para o time australiano, e mencionou que nenhuma outra equipe que disputará a Olimpíada terá o mesmo agrado. Chiller, por sua vez, deu de presente ao prefeito um canguru de brinquedo, com luvas de boxe, e também uma camiseta da delegação do time da Oceania.

- Vocês serão a minha segunda equipe aqui no Rio de Janeiro - declarou Paes, durante seu discurso. A frase foi aplaudida pelos presentes. 

O encontro serviu para encerrar a crise entre os dois lados. No último domingo, a delegação australiana se recusou a entrar na Vila dos Atletas, por causa de problemas nos apartamentos, como vazamentos, vasos sanitários entupidos, fiação exposta e sujeira. 

A reclamação gerou repercussão, e Paes brincou na última segunda-feira sobre a situação, dizendo que colocaria um canguru de brinquedo na Vila dos Atletas, para que os australianos se sentissem mais em casa. A declaração, naquele momento, não caiu bem. Tanto que, no encontro desta quarta-feira, Paes se redimiu.

-Peço desculpas pelos comentários que eu fiz. Em nenhum momento eu quis fazer piada, o canguru é um símbolo da Austrália. Agora sei que colocaram um canguru na porta. Foi um mal-entendido, peço desculpas - falou Paes.

Australianos elogiam a Vila e rechaçam ofensas com piada de Paes

Os primeiros atletas australianos entraram na noite de terça-feira na Vila dos Atletas, a maioria deles da equipe masculina de hóquei sobre grama. E os atletas gostaram do que viram. 

- Chegamos aqui a menos de 24 horas. A Vila está muito boa, os quartos são bons. Tudo está funcionando - falou Jamie Dwyer, que disputará sua quarta Olimpíada consecutiva. 

O discurso de Fergus Kavanagh, companheiro de equipe de Dwyer no hóquei sobre grama, foi bem parecido. Foram só elogios ao complexo em que os atletas olímpicos irão ficar hospedados nas próximas semanas.

- Tudo está perfeito e limpo. Está tudo muito legal. Nosso café da manhã estava incrível, e a Vila dos Atletas em geral ficou muito boa. O sentimento é ótimo. Temos uma grande vista da lagoa, das montanhas - falou Kavanagh.

O jogador australiano negou que as piadas de Eduardo Paes sobre a colocação de um canguru na Vila dos Atletas ofenderam a equipe da Oceania.

- Isso não nos abalou, não foi um problema para nós. Entendemos que foi uma piada com bom-humor da parte dele - disse Kavanagh, com um semblante descontraído.