volei de praia final -  alison e bruno medalha

Bruno e Alison exibem a quinta medalha de ouro conquistada pelo Brasil na Rio-2016 (Foto:Paulo Sergio/Lancepress)

Felipe David
19/08/2016
18:18
Rio de Janeiro (RJ)

Com a conquista da quinta medalha de ouro na madrugada desta sexta-feira no vôlei de praia - Alison e Bruno superaram os italianos Nicolai e Lupo sob forte chuva na Arena de Copacabana -, o Brasil já alcançou na Rio-2016 o seu melhor desempenho em Olimpíadas. No entanto, o sonho de superar a sua própria meta de ficar entre os dez primeiros países do quadro geral de medalhas - o que seria um feito inédito para o país - ficou pelo caminho.

Nesta edição, o Brasil já igualou os ouros conquistados em Atenas-2004. Entretanto, naqueles Jogos, o país levou dez medalhas, enquanto no Rio de Janeiro contabiliza 15 medalhas, com cinco ouros, cinco pratas e cinco bronzes. Na Olimpíada de Londres, em 2012, o total de medalhas brasileiras chegou a 17, sendo apenas três de ouro.

Há dois dias do encerramento dos Jogos, o Brasil ainda tem chances de ganhar posições na classificação geral. No futebol masculino ao menos a prata já está garantida, visto que vai disputar a final contra a Alemanha no sábado. Esperanças também no vôlei masculino, que disputa a semifinal na noite desta sexta contra a Rússia. E na canoagem com Isaquias Queiroz, na luta por sua terceira medalha olímpica na Rio-2016. No pentatlo moderno, Yane Marques ainda tem chances - apesar de remotas - de medalha.

Até o presente momento, o Brasil ocupa o 13º lugar no quadro de medalhas da Rio-2016. Por enquanto, o país que ocupa o posto almejado pelos brasileiros é a Austrália, com sete ouros e 28 premiações no total.

Ao longo dessa semana, nomes como o presidente em exercício Michel Temer e o eterno craque dos gramados Zico elogiaram o desempenho verde-e-amarelo na Rio-2016.
- Trata-se de uma Olimpíada, com um nível altíssimo de competitividade. Perder ou ganhar faz parte da disputa. O atletas brasileiros já estão de parabéns pelo desempenho - declarou  Zico, numa versão mais olímpica, no evento "Tóquio-2020", que apresentou o Japão, sede das próximas Olimpíadas, antes de completar:

- Estou acompanhando a Olimpíada só pela televisão, e estou gostando do que estou vendo tanto dos estrangeiros quanto dos brasileiros.