LANCE!
09/08/2016
22:50
São Paulo

Thomaz Bellucci não tem como especialidade a quadra dura. Mas se há um adversário que sofre com o jogo do brasileiro nesse tipo de piso, este é Pablo Cuevas. E, nesta terça-feira, o brasileiro manteve o retrospecto: bateu o rival com grande atuação no set decisivo, vencendo por 2 sets a 1, parciais de 6-2, 4-6 e 6-3.

Antes do duelo desta terça, Cuevas havia vencido Bellucci quatro vezes, mas todas no saibro. Já Bellucci tinha derrotado o uruguaio por duas vezes, sempre em quadra dura. No Rio, a quadra é do segundo tipo. Deu certo pra Bellucci.

Ele é uma das duas esperanças de medalha para o país no tênis. Além dele, nas simples masculinas, segue viva a dupla mista formada por Teliana Pereira e Marcelo Melo. O mesmo Melo, ao lado de Bruno Soares, foi eliminado nas duplas nesta terça, para a dupla romena Horia Tecau e Florin Mergea.

O jogo começou muito bem para Bellucci. No primeiro set, conseguiu vantagem desde cedo, quebrando o uruguaio no quarto game. Depois, quebrou o uruguaio no game decisivo, para fechar em 6-2.

A segunda parcial começou com quebra de Cuevas. Bellucci chegou a ter break-point durante o set, mas não aproveitou. Ambos confirmaram seus serviços até o final e Cuevas venceu por 6-4.

Mas Bellucci guardou sua melhor atuação para o último set. No segundo game, teve quatro chances de quebra durante os 15 minutos de duração - o mais longo do jogo -, mas não conseguiu. Ela veio no quarto game, porém. Bellucci ainda "bobeou" no 7° game, sendo quebrado, mas devolveu em seguida, "de zero".

No game final, com a torcida de pé, fechou o jogo em uma devolução para fora do uruguaio. A comemoração veio com pulos e muito vibração. Foram 2 horas e 22 minutos de jogo, mas o brasileiro. vai às oitavas. Lá, pega o belga David Goffin.