LANCE!
17/08/2016
15:11
Rio de Janeiro (RJ)

Sem piedade e com ótimo volume de jogo, a Seleção Brasileira goleou Honduras por 6 a 0, nesta quarta-feira, no Maracanã, e garantiu vaga na final da Olimpíada. Neymar e Gabriel Jesus brilharam com dois gols cada e a Seleção teve uma grande atuação como um todo. Veja as notas do LANCE! para os jogadores do Brasil e para o técnico Rogério Micale, e vote no melhor do time.


ATUAÇÕES > BRASIL
Igor Siqueira (igorsilva@lancenet.com.br)


6,5
Weverton

Vida mansa durante o jogo quase todo. Mas quando Honduras chegou com mais perigo, lá estava ele.

6,5
Zeca

Partida muito equilibrada entre defesa e apoio. Como Douglas Santos é mais arrojado, fica mais preso atrás.

6,5
Rodrigo Caio

Mais um jogo seguro em dia especial do aniversário de 23 anos. Bons posicionamento e desarmes.

7,0
Marquinhos

Além da eficácia de sempre na marcação, ainda fez o quarto gol brasileiro após escanteio.

6,5
Douglas Santos

Só não teve nota maior porque os cruzamentos foram sem muito capricho. Mas teve presença ofensiva.

6,5
Walace

Fez um jogo muito bom, estabilizando o meio-campo e com tranquilidade nos passes.

7,0
Renato Augusto

O toque de bola refinado, a visão de jogo, a sensibilidade para saber quando acelerar ou cadenciar. Repertório vasto.

8,5
Gabriel Jesus

O garoto esteve inspirado. Dois gols usando velocidade, drible e poder de conclusão.

6,5
Gabigol

Foi o único do ataque a passar em branco, mas não jogou mal. Lance mais bonito foi um lençol de cabeça.

8,5
Neymar

Começou o jogo com tudo, fazendo gol com 15 segundos. Chamou a responsabilidade com dribles e passes para gol. Ainda fez mais um no fim, de pênalti

8,0
Luan

Crescimento de rendimento do time tem tudo a ver com ele. De novo importante, fez o quinto gol e sofreu pênalti.

6,5
Luan Garcia

Entrou no segundo tempo e manteve o nível de segurança defensiva do Brasil.

6,5
Felipe Anderson

Entrou bem, com espaço, sendo autor do passe para o quinto gol do Brasil.

6,0
Rafinha Alcântara

Teve menos tempo para mostrar serviço. Não apresentou muito destaque.

7,5
Técnico: Rogério Micale

Ordem de marcar saída de bola é dele. Acertou a mão mais uma vez na montagem da movimentação ofensiva.