Guilherme Cardoso
19/08/2016
09:28
Rio de Janeiro (RJ)

A Comissão Disciplinar do Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou na manhã desta sexta-feira que a medalha de bronze conquistada por Seghei Tarnovschi, da Moldávia, na disputa do C1 1.000m na canoagem velocidade está em avaliação, já que o atleta foi flagrado em um exame antidoping.

Em nota, a Comissão esclarece que apenas tomará uma decisão oficial quando todas as medidas legais forem aplicadas. Enquanto isto não ocorre, o resultado da prova segue o mesmo e Tarnovschi segue suspenso.

Com a decisão, o russo Ilia Shtokalov espera o processa jurídico ser encerrado para saber se herdará, ou não, o bronze. Vale lembrar que a primeira colocação na prova foi do alemão Sebastian Brendel, com o brasileiro Isaquias Queiroz em segundo.

Tarnovschi já tinha sido suspenso preventivamente por conta do doping. Assim, ele ficou fora da prova do C2 1.000m, com eliminatórias marcadas para a manhã desta sexta. O exame que flagrou o atleta foi realizado em um período antes dos Jogos Olímpicos, e a substância irregular não chegou a ser anunciada.

- Mesmo tomando algo, não foi capaz de vencer. Ele fez uma coisa errada. Mas espero que possa voltar, volte limpo e consiga se dedicar ao esporte de maneira limpa - avaliou Isaquias Queiroz.